Cidadeverde.com
Esporte

Palmeiras encaminha venda de Roger Guedes para a China

Imprimir

LEANDRO MIRANDA, THIAGO FERNANDES E VICTOR MARTINS
SÃO PAULO, SP, E BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS)

O motivo para Róger Guedes ser liberado pelo Atlético-MG do treino desta quinta-feira é a negociação existente entre Palmeiras e Shandong Luneng, da China. A equipe asiática aceitou pagar mais de 10 milhões de euros (mais de R$ 45 milhões) pelo artilheiro do Campeonato Brasileiro. De acordo com apuração do UOL Esporte, apenas as questões burocráticas estão pendentes para que o jogador seja anunciado pelo Shandong.

A pressa do clube chinês para fechar o negócio tem explicação. A janela de transferência para a China se encerra nas próximas horas. Com a negativa do Palmeiras em negociar Dudu, o Shandong Luneng voltou sua atenção para Róger Guedes. Como as conversas avançaram bastante em um curto espaço de tempo, o atacante foi liberado da atividade desta quarta-feira, na Cidade do Galo.

Pouco tempo depois de deixar o CT atleticano, a rescisão de contrato do atacante com o clube mineira foi publicada no BID (Boletim Informativo Diário), da CBF. Assim, pouco meses depois de chegar ao Atlético, chegou ao fim a história de Róger Guedes com a camisa alvinegra. No total foram 28 partidas e 13 gols marcados.

O grande momento foi no Campeonato Brasileiro. Em 12 rodadas, o atacante marcou nove gols e deixa a competição com a artilharia.

Pelo acordo entre Atlético e Palmeiras, a equipe alvinegra tem direito a participação na transferência, como taxa de vitrine. O clube mineiro até que tentou manter o jogador, mas o próprio Róger Guedes deixou claro que a preferência era por uma ida para o futebol internacional.

 

Imprimir