Cidadeverde.com
Geral

Aplicativo Salve Maria tem 7 mil downloads e maior denúncia é agressão física

Imprimir

Foto: Reprudução 

O aplicativo móvel Salve Maria tem sido um importante instrumento de combate a violência contra a mulher no Piauí. A tecnologia é um mecanismo ágil e fácil de ser utilizado que pode evitar a morte de mulheres por feminicídio. Desde que foi lançado, em março de 2017, já foram realizados mais de 7 mil downloads do aplicativo e mais de 265 denúncias foram feitas.

Os dados são da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí, responsável pelo desenvolvimento da ferramenta, e computados desde a sua criação até o último dia 19 de julho. Ou seja, correspondem a cerca de um ano e quatro meses de utilização do aplicativo.

O levantamento aponta que a maioria das denúncias feitas foram por motivo de violência física, somando 122. Depois dela, estão as denúncias feitas pela ativação do botão do pânico (que pode ser acionado no aplicativo por uma mulher vítima que esteja sendo ameaçada ou violentada). No ranking, depois aparecem as denúncias do tipo moral, em total de 29, seguidas das psicológicas, que somam 22. As de violência sexual somaram 14, e por fim, foi contabilizada uma violência do tipo patrimonial.

Total de downloads: 7068
Downloads ativos: 1909 
Total de denúncias: 257 

Denúncias por tipo:
Física: 122
Botão do Pânico : 63
Psicológica: 28
Sexual: 14
Patrimonial: 1
Moral: 29

(Fonte: ATI. Atualizado em 19/07/2018)

Salve Maria, como utilizar 

De acordo com a delegada Eugênia Villa, diretora de Gestão Interna da SSP-PI, o Salve Maria foi idealizado para evitar violências de gênero. Com este objetivo, a ferramenta foi desenvolvida com dois botões, um é o Botão do Pânico, que a vítima de violência aperta e assim aciona a polícia para atender o caso. Esse botão envia a localização, o que facilita o trabalho policial, permitindo o deslocamento da viatura mais próxima para atender ao chamado.

O segundo botão pode ser usado por qualquer pessoa, desde amigos, parentes e/ou vizinhos de alguma mulher em situação de violência. Com este botão a população pode anexar fotos, vídeos e imagens da agressão, além de informar o nome do agressor, da vítima, endereço e outras informações de maneira sigilosa.

Disponível para Iphone

O aplicativo móvel Salve Maria ainda traz uma novidade. Ele já está disponível para download gratuito na Apple Store, para aparelhos com sistema iOS, que são iPhone, iPad, dentre outros. 

Inicialmente lançado na versão Android, o Governo do Piauí, através da equipe da ATI e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), trabalhou para disponibilizar a ferramenta nas duas lojas, possibilitando que cada vez mais pessoas possam instalar o ‘app’ e usá-lo para denunciar casos de violência contra a mulher.

Carlos Júnior, programador Sênior que atua na ATI desenvolvendo aplicativos, fala sobre esta novidade. “Além da loja da Google [Play Store], estamos agora com o aplicativo disponível na loja da Apple (App Store), ou seja, nossa Agência de Tecnologia está sendo pioneira no Brasil por disponibilizar aplicativos na Apple Store”, ressalta.

Repercussão

De acordo com o governo do Piauí, o aplicativo tem feito tanto sucesso que foi destaque em publicação na BBC de Londres, Revista Isto É e no site Ponte Jornalismo. Ainda de acordo com o governo, policiais de Miami elogiaram a inovação e o Piauí firmou acordo de parceria técnica com o Governo do Maranhão, cedendo a tecnologia para salvar vidas no estado vizinho.

Na última semana, o Salve Maria venceu o Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-GOV 2018), maior premiação brasileira de tecnologia na área do setor público.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

Imprimir