Cidadeverde.com
Esporte

Mal-entendido entre técnicos esquenta Vasco x São Paulo

Imprimir
Mesmo já sendo um dos grandes clássicos do Brasil, com nove títulos brasileiros em campo, São Paulo e Vasco começam a esquentar o clima antes da partida deste domingo, no estádio de São Januário, às 17 horas (de Brasília), pela 35ª rodada do Brasileirão deste ano. Mas foi um desencontro de declarações entre os dois técnicos que apimentou ainda mais o ambiente do confronto.

Após a entrevista coletiva do são-paulino Muricy Ramalho no último domingo, depois da vitória sobre o Figueirense por 3 a 1, começou um verdadeiro 'telefone sem fio' que esquentou o principal jogo da rodada seguinte. O São Paulo tenta manter a liderança da competição nacional, onde tem dois pontos a mais que o segundo colocado Grêmio, enquanto o 17º colocado Vasco briga contra o rebaixamento.

Naquele dia, o comandante do time paulista reclamou das condições fora do campo, dos problemas que as equipe enfrentam para chegar ao estádio vascaíno. "Todo ano lá é a mesma confusão, e a confusão continua", afirmou.

O problema é que de alguma maneira chegou a Renato Gaúcho que o técnico rival teria dito que o Vasco é ajudado pela arbitragem quando atua em São Januário. "Ele é malandro e fala isso para intimidar a arbitragem. Se continuar falando dessa forma é que a coisa vai esquentar lá fora mesmo", afirmou o sempre polêmico treinador.

Mas Muricy Ramalho tentou acabar com qualquer polêmica e esfriar o clima antes da partida deste domingo. "Eu não falo mesmo sobre arbitragem. Eu nunca falei e não vai ser agora que eu vou falar. Não tem discurso para pressionar ninguém. Talvez ele tenha se equivocado sobre o que eu disse, ouviu por outra pessoa. Não sei como isso chegou ao Renato, como a pergunta foi feita, para ele pensar que eu falei isso."

O treinador são-paulino ainda fez questão de rechaçar qualquer tipo de vingança pelo fato de que Renato Gaúcho estava no comando do Fluminense quando o clube carioca eliminou o São Paulo na Copa Libertadores deste ano. "Nem lembrava mais disso, já passou faz muito tempo. Eu me concentro apenas no momento. Ele fez um bom trabalho, teve azar na final, e agora está tentando resgatar o Vasco."
Tags:
Imprimir