Cidadeverde.com
Geral

InBev compra Anheuser-Busch e vira maior cervejaria do mundo

Imprimir

A cervejaria belgo-brasileira InBev anunciou nesta terça-feira que concluiu a compra da americana Anheuser-Busch, fabricante da Budweiser, em uma operação que totalizará US$ 52 bilhões e criará o maior grupo de cerveja do mundo.

A combinação das duas empresas "cria o líder global no setor de cerveja e uma das cinco maiores empresas de bens de consumo", afirmou a Inbev em comunicado.

A operação é "uma transação histórica", afirmou o executivo-chefe da InBev, Carlos Brito. Para ele, o sucesso da operação virá da integração das marcas e métodos de trabalho das duas companhias.
 

A compra, que custará à InBev US$ 70 por ação, foi concluída depois que os acionistas das duas companhias aprovaram o negócio.

Os acionistas da Anheuser-Busch aceitaram o acordo no último dia 12, e o Departamento de Justiça dos EUA deu seu aval no último dia 14. O processo de fusão se iniciou em 14 de julho deste ano.

Segundo os termos do acordo, o novo grupo passará a se chamar Anheuser-Busch InBev, a fim de "manter a herança e tradições" da companhia americana.

A negociação foi alvo dos americanos, que criaram sites e canções de protestos contra a saída de marcas como a Budweiser da "propriedade" dos Estados Unidos.

A Anheuser-Busch manterá sua sede de Saint Louis, em Missouri, que por sua vez se transformará na base de operações de todo o grupo para a América do Norte.

Com 26% do mercado global, três das cinco maiores marcas de cerveja, e uma produção anual de 460 milhões de hectolitros, estimativas apontam que a nova cervejaria produzirá 60% a mais do que seu competidor mais próximo. A InBev traz consigo as marcas Stella Artois e Beck's.


Fonte: Folha Online
[email protected]

Tags:
Imprimir