Cidadeverde.com
Esporte

Com gol no último lance, Paraná empata com o Botafogo

Imprimir

Foi no último lance. Zé Ricardo ia estreando no Botafogo com vitória. Rodrigo Lindoso abriu o placar, mas um chute de longe, desviado, faltando menos de quatro segundos para o apito final, resultou no 1 a 1. 

Igor Rabello fazia partida correta, mas deu azar no último minuto (Foto: Geraldo Bubniak/Lancepress!

Alex Santana foi o responsável pela igualdade no Durival Britto. Apesar de o time da casa ter mais a posse de bola nos três primeiros minutos, foram os visitantes quem ditaram o ritmo no primeiro quarto de partida. 

Luiz Fernando perdeu uma chance, de cabeça, e outra, de canela. Nesta, estava impedido. Pouco depois, Valencia driblou o goleiro e mandou para fora, de esquerda.

Quando a partida engrenava, com um chute de Junior, perto da trave, e Luiz Fernando obrigando Richard a fazer grande defesa, o tempo fechou. Nervoso, o time paranista passou do ponto numa disputa de bola com Matheus Fernandes, mesmo com este já no chão. O volante botafoguense revidou com leve pisão. 

Foi o suficiente para se formar uma grande confusão no gramado. A revelação alvinegra e Cleber Reis, do Paraná, acabaram expulsos.

Depois da confusão, Alex Santana e Carlos deram bons chutes para os mandantes. Na outra baliza, Rodrigo Lindoso testou sem força e, em outra oportunidade, Rodrigo Pimpão cabeceou para fora após ótimo cruzamento de Marcinho.

O segundo tempo começou com Luiz Fernando perdendo mais uma chance incrível, esta depois de cruzamento do uruguaio Aguirre. O tempo foi passando e, apesar de mais espaço no campo, os times não conseguiam ser contundentes. 

O Botafogo era, ao menos, mais organizado. E, com organização, Luiz Fernando participou de mais um lance de perigo. Aos 24 minutos, sofreu pênalti de René. Lindoso deslocou o goleiro e abriu o placar.

O time de Rogério Micale piorou com as substituições, e deu o primeiro chute na etapa final somente aos 36 minutos. Alex Santana quem fez Saulo trabalhar. 

E faltavam quatro segundos para o fim do jogo quando o mesmo Alex Santana chutou de longe, a bola desviou em Igor Rabello e Saulo não teve o que fazer. Festa na arquibancada e um balde d'água fria para os visitantes.


Fonte: Lance

Imprimir