Cidadeverde.com
Economia

Concursos para área militar contam com mais de 5 mil vagas abertas; confira a lista

Imprimir


Escola de Especialistas da Aeronáutica

Apesar das limitações estabelecidas pela União e os Estados em função da crise do setor público, a área de Segurança Pública — mais especificamente as polícias estaduais, além do setor de Defesa, em especial as Forças Armadas — soma 5.260 vagas abertas por meio de concursos públicos para preencher postos ociosos ou visando ao aumento dos seus efetivos.

Somente o Exército tem mais de 700 vagas para profissionais com ensino médio ou superior, e para a concorrência para ingresso no Colégio Militar, com foco para estudantes do 5º ao 9º ano do ensino fundamental. Entre as polícias, as chances são oferecidas pelos estados de São Paulo e do Rio Grande do Norte. Bombeiros também têm vagas.

Para facilitar a vida do interessado em prestar concurso público para a área militar, especialistas indicaram os melhores caminhos a seguir na hora de engrenar nos estudos. Também é ressaltada a importância de prestar atenção às exigências físicas para cada vaga. E todos reforçaram que a dedicação é a chave para o sucesso na seleção.

— Mantenha um programa permanente de estudos. Não fique aguardando o edital ser publicado para começar a estudar. Antecipe-se e saia na frente da concorrência. Faça isso e você ficará surpreso com os resultados — destacou o advogado e professor William Pontes, especialista em concursos públicos.

 

Os concursos sempre reúnem prova escrita, avaliação médica e teste de aptidão física. Quanto às matérias previstas em edital, vale mesclar a ordem de estudo.

— O ideal é intercalar o estudo de disciplinas com conteúdos completamente opostos. Se você estudar português, por exemplo, logo em seguida estude uma disciplina totalmente diferente, como matemática. Isso evita a saturação de determinadas áreas — garantiu William Pontes.

Já o professor Jeferson Bogo, do Gran Concursos Online, pediu atenção aos detalhes previstos no edital:

— É fundamental ter foco de estudo. Falamos isso sempre. Mas é importante, também, estar atento às características do concurso. Eles podem determinar a altura do candidato, por exemplo. A indicação é ir a um médico e destacar o que está detalhado no edital para saber se existe aptidão ou não para a vaga.

 

 

Fonte: Extra 

Imprimir