Cidadeverde.com
Geral

Chefes de Polícia reforçam combate à corrupção e à violência doméstica

Imprimir

O Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC) aprovou seis resoluções para fortalecer a segurança pública no Brasil. Os chefes participaram de um encontro em Foz do Iguaçu, entre os dias 15 e 17 deste mês. O delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, participou da reunião. 

Dentre as resoluções está à instituição de um Grupo de Trabalho responsável por elaborar estudos para padronizar o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica no contexto da Lei Maria da Penha. 

Outra resolução que ganhou destaque é a instituição de diretrizes na repressão qualificada à corrupção. Os conselheiros observaram a necessidade de uma orientação para todas as Polícias Civis do país sobre o tema, pois é um dos pontos mais cobrados pela população.

A priorização do combate à corrupção e ao crime organizado está definida como política institucional permanente, bem como estimular a investigação de esquemas de corrupção no âmbito da administração pública. Para isso, a resolução prevê a instituição de uma unidade específica denominada DECOR. 

Os conselheiros também aprovaram a resolução que cria o Comitê Nacional dos Chefes de Inteligência Civil (CIP), vinculado à estrutura do CONPC. 

Demais resoluções

As demais resoluções envolve a confecção de um manual da marca “Polícia Civil”, diretrizes para a decretação de sigilo e a realização de acordos de colaboração premiada no âmbito da investigação criminal presidida pelo delegado de Polícia, e os indicadores de eficácia e eficiência as atividades de polícia judiciária. 


Delegado Riedel Batista

 

Carlienne Carpaso
Com informações do CONPC
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir