Cidadeverde.com
Esporte

Revelação do judô brasileiro é flagrada no antidoping

Imprimir
Uma das maiores revelações do judô brasileiro nos últimos anos, o carioca Victor Penalber foi flagrado no antidoping no Mundial por equipes, no dia 5 de outubro, no Japão. A Confederação Brasileira de Judô afirma não ter sido notificada oficialmente, mas diversos judocas já sabem da notícia.

Segundo apurou a reportagem, o resultado do primeiro exame antidoping positivo de Penalber saiu no dia 10 de novembro. A contraprova deve ser feita até o dia 25. A CBJ afirmou que não irá mandar representante para acompanhar o novo exame.

"Não recebemos nenhum comunicado oficial, então não podemos confirmar nada. Essa confirmação só sai depois da abertura da contraprova, que tem de ser feita até 15 dias depois do exame", afirmou o supervisor de seleções da entidade, Ney Wilson.

A substância proibida apontada no exame do brasileiro foi um tipo de diurético, usado normalmente para perda de peso. Segundo a assessoria da CBJ, os atletas são avaliados constantemente e devem estar, no máximo, 3% acima do peso da categoria para viajar com a seleção para campeonatos.

No Mundial, Penalber estava dentro desse limite. Victor compete na categoria leve, até 73kg, a mesma do medalhista olímpico Leandro Guilheiro. Bicampeão mundial, o gaúcho João Derly foi flagrado com diurético em 2002 e ficou seis meses longe dos tatames.

Penalber, de 18 anos, estava em boa fase e foi medalhista de bronze no Mundial Júnior, há um mês - caso a contraprova seja positiva, o brasileiro deve perder a medalha.

No Mundial por equipes, disputado em Tóquio, no Japão, o Brasil terminou em terceiro lugar. A CBJ não confirmou se o país pode ser desclassificado ou perder o prêmio em dinheiro que a equipe ganhou pela colocação.

A Confederação Brasileira divulgou na tarde desta terça-feira um comunicado dizendo que "aguarda uma confirmação oficial da entidade internacional responsável pelo controle de dopagem" e que acredita que até segunda-feira deve ter uma resposta.

Fonte: Uol
Tags:
Imprimir