Cidadeverde.com
Esporte

Após negativa a europeu, Fluminense recusa proposta do Monterrey por Pedro

Imprimir

FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

 

LÉO BURLÁ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

O Fluminense recusou mais uma proposta por Pedro. Desta vez, a investida veio do Monterrey, do México. Após negar uma oferta do Bordeaux, da França, o clube tricolor rejeitou uma negociação com os mexicanos, que pretendiam pagar 15 milhões de euros (R$ 67 milhões).

O Fluminense definiu que não aceitará vender o jovem por menos de 20 milhões de euros (R$ 86 milhões). Deste montante, o clube carioca, dono de 50% dos direitos econômicos do atleta, levaria R$ 43 milhões.

"É uma recompensa a ele, nada mais justo do que reorganizar a vida de um profissional, e o Flu tem honradez para fazer. O clube tem um ponto de partida para fazer algo pelo Pedro. O presidente tem resistido muito (ao assédio)", disse o diretor de futebol Paulo Angioni. Ainda não há nada desenhado até o momento, mas o assunto irá ganhar mais corpo caso não surja uma venda nos moldes desejados ainda nesta janela, segundo Angioni.

"A janela é madrasta, pode vir uma proposta maluca. Caso as coisas não aconteçam perto do ideal, vamos organizar um plano de carreira. Envolvem coisas futuras, uma renovação antecipada, mas ainda não estamos discutindo. Temos uma reflexão profunda sobre isso, mas não queremos prejuízo para ninguém".

Os tricolores já recusaram uma oferta do Bordeaux pelo atacante. Por "apenas" 8,5 milhões de euros (R$ 36,6 milhões), os tricolores disseram não à oferta francesa. O Borussia Dortmund já enviou observadores ao Brasil, mas ainda não há proposta oficial alemã.

O jogador tem mantido o tom do discurso diante de uma provável saída. Além de sempre repetir que está feliz no clube, Pedro afirma que seu futuro está sendo debatido pelos seus representantes e que sua concentração total está na temporada com o Fluminense. Com a janela aberta até dia 31 deste mês, o assunto ainda irá render muito nas Laranjeiras.

 

Imprimir