Cidadeverde.com
Esporte

Vitória goleia e acaba com as chances de título do Grêmio

Imprimir

De um jeito melancólico, o Grêmio  praticamente deu adeus ao Brasileirão  neste domingo. A equipe de Celso Roth foi goleada pelo Vitória, por 4 a 2, no Barradão, em Salvador. Com o triunfo do São Paulo sobre o Vasco, no Rio, a diferença entre paulistas e gauchos pulou para cinco pontos (71 a 66) e o campeonato já poderá acabar já na próxima rodada. O Leão, com 48 pontos, está quase garantido na Copa Sul-Americana de 2009.

O time gremista começou o jogo melhor e até abriu o placar. No entanto, perdeu o zagueiro Amaral, expulso, e ficou entregue no segundo tempo. Ao final da partida, os gremistas foram obrigados a ouvir o sarro dos rubro-negros:

- Uh! É chocolate! Uh! É chocolate! 

O jogo

O Grêmio começou mais forte. Logo aos três minutos Viáfara teve que fazer a primeira defesa do jogo. Theco tocou para Reinaldo que fez o giro sobre o zagueiro e chutou forte para a defesa do goleiro que espalmou para escanteio. O Vitória estava com dificuldades para passar da intermediária do seu campo.

Aos 11 minutos o Grêmio reclamou de um pênalti. Maciel invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro Leonardo Silva, mas o árbitro Heber Roberto Lopes ignorou o lance e mandou o jogo seguir. De tanto pressionar o Tricolor gaúcho abriu o placar aos 35. Depois de um cruzamento da direita, a zaga do Vitória se atrapalhou, o zagueiro Anderson Martins tentou tirar e acabou fazendo gol contra.

O pecado do Vitória era insistir demais na ligação pela direita. Além de dar chutões para frente dando mais facilidades ao adversário para retomar o domínio da bola. O time baiano só chegou ao gol dos gaúchos aos 37. O Vitória tinha a cobrança de uma falta. A zaga gremista fez linha de impedimento, Tripodi recebeu sozinho e chutou para a boa defesa do goleiro Victor que tirou com os pés.

Aos 45, Marquinhos fez bela jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para o meio da área. Tripodi entrou mais uma vez sozinho, mas chutou fraco e a bola foi pela linha de fundo. 

Vitória empata no início do 2° tempo

O Vitória voltou para o segundo tempo determinado. Tanto que aos quatro minutos conseguiu empatar o jogo. Leandro Domingues recebeu passe pela direita, entrou na área e tocou com categoria na saída do goleiro Victor.

O técnico Vágner Mancini, que havia colocado Osmar no lugar de Tripodi, tirou o jogador para a entrada de Jackson. Aos 12, o Grêmio ficou com um jogador a menos. Amaral, que já tinha recebido um cartão amarelo, fez falat dura em Leandro Domingues e foi para o chuveiro mais cedo. Com isso, o Vitória cresceu no jogo e conseguiu a virada cinco minutos depois. Marcelo Cordeiro cruzou para Willians, ele ganhou de Jean e finalizou com precisão para fazer a festa da torcida no Barradão.

O lance parece que abateu o time gaúcho que levou o terceiro logo depois. Bela jogada de Willians, ele tocou para Marquinos que deixou passar para Jackson finalizar sozinho. A festa continuou no minuto seguinte. Marco Aurélio cabeceou para trás e Marcelo Cordeiro fez um golaço de bicicleta enlouquecendo a torcida da Vitória.

Souza ainda conseguiu diminuir para o Grêmio, aos 46 minutos. O meia cobrou uma falta com muita força e a bola foi para o fundo das redes sem chances para o goleiro Viafara.
 
Fonte: Globo Esporte
Tags:
Imprimir