Cidadeverde.com
Política

Barack Obama anuncia quatro nomes da equipe econômica

Imprimir
O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta segunda-feira quatro nomes escolhidos para compor a equipe econômica de seu governo, que ficará encarregada de definir as políticas econômicas diante da recessão e da crise financeira. Em entrevista coletiva em Chicago, ao lado do vice Joe Biden, o democrata anunciou Timothy Geithner, Lawrence Summers, Christina Romer e Melody Barnes e disse que reuniu "uma equipe econômica com a visão e a expertise para estabilizar nossa economia, criar empregos e colocar a América de volta nos trilhos".
 
 
"Mesmo que estejamos enfrentando um desafio econômico, sabemos que uma oportunidade se apresenta - se agirmos rápida e vigorosamente. É a missão da nossa equipe econômica", acrescentou, destacando que ele e sua equipe de transição reuniram "as melhores mentes da América". "Procurei líderes que pudessem oferecer análises sólidas e idéias novas", justificou Obama.

Obama, que assume o cargo em 20 de janeiro, recorreu a políticos com conhecida trajetória. A nova equipe tem sido recebida com sarcasmo por muitos republicanos, que, diante da escolha de velhos nomes do governo Clinton (1993-2001), questionam a mudança prometida pelo democrata durante a campanha eleitoral. "Peço aos nomeados que aceitem a indicação. Não temos tempo a perder, o trabalho começa hoje", falou após a nomeação.

Confira quem é quem na equipe de Obama:
Timothy Geithner, 47 anos, presidente do Federal Reserve de Nova York, será o secretário do Tesouro dos Estados Unidos. Ele assume no lugar de Henry Paulson. Obama justificou a escolhe de Geithner dizendo que ele "entende a linguagem dos mercados e serviu bem tanto a democratas como a republicanos, já esteve no governo e no mercado". "Sei que mais uma vez ele vai se sair bem a frente da Secretaria do Tesouro", falou.

O economista de Harvard Lawrence Summers, 53 anos, que foi secretário do Tesouro no governo de Bill Clinton, volta como diretor do Conselho Econômico Nacional para dirigir a equipe econômica da Casa Branca. Também será o principal assessor de Obama, coordenando suas políticas relativas à economia. Durante a entrevista coletiva, Obama ressaltou a gestão de Lawrence durante o governo Clinton, que, segundo ele, "teve recordes de superávit". "Summers irá fortalecer a classe média para aquecer a economia americana", disse.

A economista da Universidade da Califórnia Christina Romer será a chefe do conselho de assessores econômicos da Casa Branca. De acordo com Obama, ela é uma "especialista em crise e em como resolvê-la" e, por ser, "uma grande conhecedora de políticas fiscais e análises econômicas, será responsável por guiar a recuperação da economia".

Obama anunciou ainda Melody Barnes como diretora do Conselho de Políticas Domésticas. Segundo ele, Melody tem "longa experiência no trabalho de assegurar a liberdade daqueles que fundaram esta nação, bem como para assegurar as oportunidades para quem são deixados para trás".


Fonte: UOL

Tags:
Imprimir