Cidadeverde.com
Esporte

Piloto amputado volta à pista onde perdeu as pernas, faz pole e fica em 4º na F-3

Imprimir

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

A F-3 Britânica contou com uma daquelas histórias de grande superação. Neste sábado (22), o piloto Billy Monger retornou ao Donington Park, circuito onde sofreu um acidente que resultou na amputação de suas pernas há 17 meses. Na pista, o inglês conquistou a pole position nos treinos e terminou a corrida perto do pódio.

"Com a história que tenho neste circuito, e, em minha primeira corrida de volta aqui, conseguir a pole é uma ótima maneira de começar o fim de semana", disse o piloto após o treino classificatório.

Na corrida, Billy Monger perdeu a liderança na largada e chegou a cair para a sexta posição. O inglês se recuperou na sequência e terminou a disputa na quarta posição.

Para conseguir competir, o piloto de 19 anos usa um carro adaptado. O acelerador fica no lado esquerdo do volante e o lado direito conta com duas alavancas para as trocas de marcha. O freio é acionado por pedal com uma prótese.

O acidente de Billy Monger, em abril do ano passado, comoveu o mundo do automobilismo. Na ocasião, equipe e família iniciaram uma campanha de arrecadação de dinheiro para ajudar o piloto a superar as lesões. A ação juntou cerca de 1,3 milhão de dólares.

 

Imprimir