Cidadeverde.com
Geral

Governo destina R$ 1 bilhão para Estados atingidos por chuva

Imprimir

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina nesta quarta-feira medida provisória que destina R$ 1,18 bilhão para os Estados atingidos por enchentes. A informação foi divulgada pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, mas não há confirmação, no entanto, de quanto será destinado a Santa Catarina. As chuvas causaram 86 mortes no Estado, e a Defesa Civil estima em 30 o número de desaparecidos.

"Enquanto as águas não baixarem, a gente não sabe o que comprometeu de rodovias e o efeitos sobre a população de cada município", disse Dilma ao explicar o motivo da MP não destinar o montante exato da ajuda a Santa Catarina.
 

Àrea da cidade completamente alagada depois das últimas chuvas

 
Segundo ela, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recomendou que não falte ajuda para a população de do Estado. "A orientação do presidente Lula é para que não falte ajuda nem suporte para a população de Santa Catarina." O valor da medida provisória será distribuído entre Defesa Civil e ministérios da Defesa, da Saúde, Transportes e Cidades.
 
Vítimas
Segundo a Defesa Civil de Santa Catarina, 54.039 pessoas tiveram de sair de suas casas, sendo que 22.952 estão desabrigados --devem ficar em abrigos do poder público-- e 31.087 desalojados, ou seja, abrigados nas casas de familiares ou amigos.

Agentes da Força Nacional de Segurança se deslocam hoje para o Estado para auxiliar as equipes de resgate que trabalham para socorrer as vítimas.

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina emitiu uma orientação à população para que beba água de piscinas. De acordo com a pasta do governo estadual, se a água estiver clorada e limpa, ela pode ser utilizada para consumo e para preparar alimentos. A orientação é de que antes do uso, ela seja fervida durante ao menos dez minutos.

A chuva que atinge Santa Catarina deixa cerca de 80 mil pontos sem energia elétrica em todo o Estado, segundo balanço mais recente divulgado pela Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A, às 10h desta quarta-feira. Esse total representa cerca de 240 mil pessoas, uma vez que cada ligação fornece, em média, energia elétrica para pelo menos três moradores em áreas urbanas, segundo a concessionária. Os pontos incluem casas, comércio e órgãos públicos.


Fonte: Folha Online

Tags:
Imprimir