Cidadeverde.com
Cidades

Cooperativa de Neurocirurgiões alertam sobre uso do celular no trânsito e má postura

Imprimir

Referência na assistência em neurocirurgia em todo o Estado, com cerca de 2 mil atendimentos na urgência desde que o serviço foi implantado, o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, também investe na informação para que a população adote práticas preventivas no seu dia-a-dia. Em parceria com a Cooperativa e Sociedade Piauiense de Neurocirurgia, além da Sociedade Brasileira, o Hospital realiza nesta segunda, 15, a 2ª Campanha Neuro em Ação, evento em que serão abordados temas sobre as consequências do uso do celular ao dirigir e a má postura.

De acordo com o neurocirurgião do Hospital e um dos palestrantes, Cléciton Braga, “dados mostram que 25% dos acidentes são causados por uso de aplicativos de mensagem, no momento em que se está dirigindo. Toda a sua atividade motora e grande parte de sua atenção estão voltadas para outra atividade, que não dirigir”, que podem ocasionar graves acidentes, resultando em sequelas ou mesmo a morte. 

Ele alerta ainda: usar esses dispositivos é como se estivesse dirigindo embriagado, com graves consequências. “A chance de morrer ou ter Traumatismo Crânio Encefálico(TCE) grave, dirigindo e usando aplicativo, é duas a três vezes maior que dirigir embriagado. Lembrar que traumas cranianos moderados à grave, que são rotinas nos acidentes de trânsito, eles sempre vão deixar sequelas. Desde uma alteração de memória, de comportamento, até sequelas mais graves, em que o indivíduo vai ficar dependente totalmente, em cima de uma cama, de seus familiares”. 

No Brasil, não há dados específicos sobre a relação entre acidentes de trânsito e uso de celular. No entanto, segundo o neurocirurgião, é rotineira a demanda por este tipo de assistência, inclusive no pronto-socorro do Hospital, que, entre janeiro a setembro de 2018, realizou cerca de 200 cirurgias e aproximadamente 500 pacientes internados somente para atendimentos em neurocirurgia.

“Ofertamos o serviço no Hospital, com profissionais qualificados, excelentes equipamentos, mas é importante também que a sociedade adote práticas saudáveis, responsáveis e não usar celular enquanto dirige é uma dessas ações que certamente farão a diferença entre a vida e, muitas vezes, a morte”, afirma o diretor geral do Hospital, Edmar Figueiredo.

A segunda palestra será ministrada pela fisioterapeuta Juliana Monteiro, que abordará o tema Má postura, mal que pode ocasionar diminuição das atividades e afastamento do trabalho, por pequenos a longos períodos. 

Programação - 2ª Campanha Neuro em Ação
Data/Horário: 15 de outubro/ 9h
Local: Câmara Municipal de Floriano
Evento aberto à comunidade

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir