Cidadeverde.com
Últimas

Taxas futuras de juros têm alta moderada antes de leilões do Tesouro

Imprimir


Foto: Marcos Santos/USP Imagens/FotosPúblicas

Os juros futuros estão em alta moderada desde a abertura dos negócios desta quinta-feira, 18, em ajuste após as quedas recentes, e também com investidores à espera dos leilões de LTN e NTN-F que o Tesouro Nacional realiza hoje (11h).

"Algum expectativa sempre tem. E no caso do leilão de NTN-F, o Tesouro tem que ser proativo. Quando o mercado volta à normalidade ele pode ampliar a oferta. Mas não há espaço para uma abertura de curva muito forte", avaliou o sócio gestor da Leme Investimentos, Paulo Petrassi. 

No leilão de NTN-F de hoje, o Tesouro não estabeleceu a oferta de 100 mil divididos em dois vencimentos como vinha fazendo. "Após o forte movimento de queda nas inclinações, o TN achou por bem voltar à normalidade. Se é que ele vai ofertar mais que os 50 mil como vinha acontecendo", comentou Luis Felipe Laudisio dos Santos, operador de renda fixa da Renascença DTVM. 

Às 9h45 desta quinta-feira, o DI para janeiro de 2020 marcava 7,53%, de 7,52% no ajuste de quarta-feira (17). O DI para janeiro de 2021 exibia 8,44%, de 8,41%, enquanto o vencimento para janeiro de 2023 estava em 9,50%, de 9,45% no ajuste da véspera.
 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir