Cidadeverde.com
Esporte

Série A: Com força máxima, Cruzeiro recebe a Chapecoense

Imprimir

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os titulares do Cruzeiro que tiverem condições de jogo não devem ter folga para comemorar o título da Copa do Brasil e a vaga na Libertadores de 2019 neste final de semana. O técnico Mano Menezes prometeu usar o que tiver de melhor disponível contra a Chapecoense, neste domingo, às 19h, em Belo Horizonte.

Foto: Vinnicius Silva - Cruzeiro

"A gente vai manter o time inteiro para finalizar a temporada. Temos que melhorar o percentual de pontuação e temos time para isso. Não temos que fazer testes. A gente já conhece todo mundo, já sabe que cada um pode render", afirmou o treinador.

Isso não quer dizer que os atletas não puderam comemorar. Ao contrário: a reapresentação do elenco, marcada anteriormente para sexta, foi adiada.

Os desfalques certos são o meia Mancuelllo e o atacante Sassá, ambos suspensos.

Para a Chapecoense, o jogo é mais uma oportunidade de deixar a zona de rebaixamento. Será a estreia do técnico Claudinei Oliveira, que chegou na quarta-feira e comandou o treino no primeiro dia.

O treinador afirma que não dá para escolher qual jogo ganhar para iniciar a reação. "Se a gente estiver organizado e competindo, consegue chegar, independente do adversário. Eu confio muito que é possível consegue ganhar de qualquer um, dentro ou fora" disse.

A novidade deve ser Canteros entre os titulares, num esquema com Amaral focado na marcação, dando mais liberdade ao meia argentino para armar jogadas.

Os laterais Eduardo e Bruno Pacheco retornam ao time titular após cumprirem suspensão. Wellington Paulista, afastado desde agosto, segue fora da equipe, mesmo com o novo treinador.

Imprimir