Cidadeverde.com
Política

Rafael diz que despesas com pessoal cresceram 120% em 8 anos

Imprimir
  • fa9a660c-af9a-4f34-81c8-3b21da7389a9.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • f4f1ee09-9b9d-493d-9576-e9fb870df004.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ef3d247d-74f7-4743-86a4-0e7fa12a11cc.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ecde56cb-8256-46ca-9faa-43106ebe0ea0.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • eccc1489-c909-4fe4-87e1-99e4ae668f8b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ec9c4a61-2ca1-43fe-bdfc-208ad54703d5.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ebd54dda-dc37-43cf-96bf-c4ae198be3c2.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ea48edd2-f888-406a-bc88-47d0423fae52.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • dff46593-4be2-48b5-9894-64cb8e97f0ef.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • dcae9806-adc5-4ad8-a373-0567a2d02a2b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • d696117f-d707-40e3-bfea-5b064cdd2e38.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • d3ffcf24-85c9-4ed2-a84f-25c9a9d503dd.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • d1cc1929-07de-40ca-b9d3-184e6d01ccc6.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • cd54e4bb-1a46-4444-a858-331ef605aa7a.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • cbd8d966-f55a-4bba-b1fd-7f46222946c0.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • bd6e706c-5fdd-42d3-a4b4-451024b91809.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • a2dacc37-f4f8-4e8d-9bd3-3e2840b09857.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 97443e8e-3220-4f36-8b8a-48714d12e29d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 083582ef-44cc-4e16-b10f-b4ae78a86262.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 08138cf0-7097-4097-8849-723957520b1b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 6169aedd-5002-4dc1-8e3b-a9349d13cc3a.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 05804b37-a577-465e-b664-da4f76cf19cb.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 5267b131-ccf1-42ea-9ecf-4558f2dd4d00.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 784eb73a-ef15-4e7a-968c-be4a3600ed96.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 745f0038-0325-4da9-89ef-d93035d3a77a.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 153eba09-2aa8-4bce-9ff2-b38f35a8cf7d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 94d6b787-294c-4c52-a4b9-7074d6dbe119.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 67a0b0f6-fa2b-4774-8298-2f7769658eda.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 45b45871-0bda-41c3-8b31-c597d3adbfbd.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 32edf486-8e48-4cb6-b8ae-0231c38a0597.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 31e11599-bfd1-4c8d-9028-b5875598b91f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 26e577c2-a2cc-47be-aa59-2004598f687f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 25f34c42-4690-459f-b7c2-13e895c4b19b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9c82321d-e681-4df2-ae54-79eb9b327a6d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7fa00e6b-8018-403c-9115-3a5fcb16be4f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7d4e196f-5abc-4203-84f7-0bb35b433694.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 5b4b8a66-075f-423d-85e0-3335cad87466.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 4c8c4360-e8cb-4ce7-9352-4831b8f0cdfa.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 3d3d2572-648c-432e-bf62-3a9f880fc4c0.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 1b7039c7-3013-400a-b95c-4b789d0c7e5f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, apresentou os números do segundo quadrimestre de 2018 na Assembleia Legislativa. Rafael afirma que o cenário econômico é preocupante e apontou os gastos com pessoal como o grande vilão das finanças públicas. 

De acordo com dados apresentados pelo secretário, nos últimos oito anos, a folha de pagamento do Estado cresceu 120%. No mesmo período, as receitas cresceram 70%. 

"A grande despesa pública é a folha de pagamento. Temos que ter um cuidado especial com esse elemento do serviço público. Já estamos acima do limite de alerta, provavelmente iremos ultrapassar o limite prudencial e a própria LRF prevê uma série de medidas para que o índice retorne a à normalidade. O Estado do Piauí tem que tomar providências neste sentido. Se a folha tivesse crescido com a receita, teríamos R$ 1 bilhão a menos", afirmou.

O Piauí corre o risco de ultrapassar o limite prudencial imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O limite de alerta é  46.1. Hoje o Estado já se em encontra em 45.87.

Ele diz que no momento é necessário intensificar as medidas de redução de gastos. Segundo ele, é  preciso evitar todas as formas de desperdícios.

"É possível. Acreditamos nisso, mas requer medidas duras e importantes. É preciso se adequar aos tempos de crise econômica e fiscal temos que fazer o dever de casa. Vamos aprofundar as medidas de contenção de gastos públicos, combatendo desperdícios para podermos nos adaptar a situação fiscal que tende a continuar difícil no próximo ano", disse.

Rafael afirma que apesar das dificuldades, o Estado trabalha para garantir o pagamento do 13°salário. Ele afirma que o pagamento da Folha é prioridade.

"Estamos fazendo todo o esforço para garantir o pagamento integral da tabela de pagamentos. Estamos tendo enormes dificuldades, mas estamos muitos esperançosos de cumprir  a prioridade número 1 do governo que é manter essa tabela rigorosamente em dia", afirmou.

O secretário também destacou a Previdência como um dos grandes problemas do Estado. Ele defendeu a necessidade do presidente eleito Jair Bolsonaro realizar a reforma da Previdência. Segundo ele, 70% do orçamento é  comprometido com pagamento de pessoal.

"Os gastos de pessoal quando se junta o Executivo, colocando terceirizados e prestadores de serviço, com os outros Poderes, mais de 70% do orçamento fica comprometido com a Folha. O aumento de salários tem reflexos na aposentadoria e  aumenta as dificuldades da Previdência", afirmou.

Rafael Fonteles comemorou a liberação dos recursos do Finisa II.  "Investimentos com receita própria estão descartados. Tivemos operações de crédito. Tivemos essa grande notícia da decisão do TCU que corroborou nosso entendimento que sempre falamos que para aquela operação ainda haveria a possibilidade do reembolso de despesas pretéritas, foi isso que foi decidido. A mudança de interpretação foi para outras operações. Devemos, nos próximos dias, finalizar a prestação de contas e receber a segunda metade da primeira operação de R$ 293 milhões. Todo esse valor para obras, para concluir obras que estão para serem concluídas", afirmou.


Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir