Cidadeverde.com
Esporte

Técnico vê Sul-Americana como chance de consolidar grandeza do Atlético-PR

Imprimir

Para o técnico Tiago Nunes, a decisão da Copa Sul-Americana é a chance do Atlético-PR consolidar a grandeza do clube no cenário internacional. O treinador falou em entrevista coletiva em Barranquilla, na véspera da partida contra o Junior, às 22h45 (de Brasília) desta quarta-feira (4).

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial - Atlético-PR

"A Sul-Americana é a oportunidade real que o Atlético tem de se tornar um clube internacional. De colocar o clube onde merece. Já deu na trave na Libertadores, é um campeão brasileiro, tem história, tem grande torcida, tem estrutura... então eu acho que é o passo que falta para consolidar o Atlético num nível maior", disse Nunes, campeão paranaense pelo clube nesta temporada.

Entre os clubes brasileiros, apenas Internacional, São Paulo e Chapecoense possuem o título desta competição. Se consideradas as outras competições continentais, como a extinta Copa Conmebol, a Libertadores e a Mercosul, a lista inclui Grêmio, Santos, Corinthians, Palmeiras, Flamengo, Vasco, Botafogo, Cruzeiro e Atlético-MG.

"A gente vem sonhando e vivendo esse clima de final há muito tempo. Fomos ganhando confiança no decorrer da competição. Nossos sonhos estão voltados para esse final. O merecimento de um trabalho desenvolvido não por mim só, mas por todo o clube, pelos atletas. Nosso ambiente é muito bom. Não é sempre que se chega numa final continental", prosseguiu.

Pessoalmente, o técnico se disse em grande forma profissional. "Estou feliz, pleno, numa forma mental muito boa para tomar decisões. Me emocionei, por que nossa torcida é incrível. O fato de não ganhar um título de expressão há muito tempo, participar da segunda final internacional da história, mostra a fome, a sede que essa torcida tem de levantar esse título. 

Nós vamos nos esforçar ao máximo para dar o nosso melhor, recompensar esse esforço e merecermos. Temos um adversário que tem ótimos jogadores, tem muito valor, tem um país em volta."

O Atlético-PR deve entrar em campo com a seguinte escalação: Santos; Jonathan, Thiago Heleno (Paulo André), Léo Pereira, Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González, Raphael Veiga; Marcelo Cirino (Rony), Pablo, Nikão.

NAPOLEÃO DE ALMEIDA
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir