Cidadeverde.com
Esporte

Com tabela definida, Brasil pode repetir 2014 e encerrar Copa América sem ir ao Maracanã

Imprimir

O calendário oficial da Copa América foi divulgado nesta terça-feira (18), com a possibilidade de o Brasil só atuar no Maracanã caso chegue à final. 

A seleção brasileira jogou a Copa do Mundo de 2014 sob condição semelhante e acabou se despedindo da competição sem ir ao Rio de Janeiro.

Na fase de grupos, a equipe de Tite fará dois jogos em São Paulo e outro em Salvador. A abertura do torneio será no Morumbi, no dia 14 de junho, às 21h30. Em seguida, a seleção jogará na Arena Fonte Nova, no dia 18, no mesmo horário. Por fim, encerra a primeira etapa do torneio no dia 22, às 16h, na Arena Corinthians.

Na etapa de mata-mata, caso avance em primeiro no seu grupo, o grupo brasileiro vai atuar em Porto Alegre, na Arena do Grêmio, em 27 de junho, às 21h30. Se passar às semifinais, retornará em 2 de julho, às 21h30, ao Mineirão, palco da fatídica derrota por 7 a 1 para a Alemanha, em Belo Horizonte.

Caso vença na capital mineira, jogaria, enfim, no Maracanã, em 7 de julho, às 17h. Neste chaveamento, a seleção passaria por todas cidades e estádios que sediarão a competição.

No entanto, o trajeto poderá ser diferente caso o Brasil fique em segundo no seu grupo. Deste modo, atuaria já nas quartas-de-final no Rio, em 2 de julho, às 21h30. Eventuais disputas de semifinal e final não teriam alteração de local ou data para a seleção brasileira.

Os adversários do Brasil na fase de grupos ainda não foram definidos -o sorteio acontecerá em 24 de janeiro, no Rio. Além do anfitrião, participam da competição Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, membros da Conmebol, além de Japão e Qatar, convidados.

A atual campeã é a seleção chilena, que venceu a edição especial centenária, em 2016, nos Estados Unidos, e também a disputa do ano anterior, em seu país.

Fonte: Folhapress

Imprimir