Cidadeverde.com
Geral

"Despedir nunca é bom", diz padre Nilton na última Missa da Misericórdia

Imprimir
  • missa3.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa7.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa6.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa5.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa4.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa2.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa1.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia
  • missa.jpg Equipe de Comunicação da Missa da Misericórdia

A noite foi de despedida na Paróquia da Santíssima Trindade, no bairro Primavera, na zona Norte de Teresina. Nesta quarta-feira (09) foi celebrada a última Missa da Misericórdia no bairro. Mesmo com a forte chuva, cerca de 3 mil fiéis acompanharam a celebração religiosa. 

"Despedir nunca é bom, mas eu acredito que Deus nos dá condições de compreender que é o momento de ir. Por mais difícil que seja ir, eu precisava ir. Esse chamado vem justamente da Arquidiocese, do nosso arcebispo. Quem proclama a misericórdia, tem que ser obediente", disse o padre Nilton Santos, responsável pela Missa da Misericórdia há nove anos. 

A noite de despedida também foi marcada por emoção, homenagens e demostrações de gratidão ao pároco. 

A partir de fevereiro, o padre assume a Paróquia do bairro São Cristóvão, na zona Leste, para onde também será levada a Missa da Misericórdia que será retomada em março, após o Carnaval. 

 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir