Cidadeverde.com
Política

“Sou presidente do PT e tenho obrigação de me manifestar”, diz Assis Carvalho

Imprimir


Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O presidente do PT, deputado federal Assis Carvalho, reagiu à declaração do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho (MDB), sobre “ingerência” na eleição da Casa. Assis afirma ser presidente do partido e ter “obrigação” de participar da discussão.

Sobre as críticas, Assis diz sentir muito se está incomodando. ““Eu sou presidente do PT e tenho obrigação de me manifestar. Se está incomodando um ao outro, não posso fazer nada. Nunca me incomodou que qualquer pessoa se manifestasse. Todos têm o direito de se manifestar e emitir sua opinião. Jamais vou pedir que ninguém silencie. Respeitei o próximo do tamanho do respeito que tenho a mim. Vou continuar lutando para democratizar o parlamento do Piauí”, destacou.

A reunião dos deputados estaduais da sigla deve ocorrer na próxima semana. “Já tivemos um bom diálogo ontem com o deputado Fábio Novo. Temos outros parlamentares viajando. Agora é o deputado Franzé Silva que se encontra em viagem. Estamos encontrando um momento na próxima semana, até o final dela poderemos reunir todos os parlamentares do PT. Vamos encontrar o momento do diálogo”, afirmou.

Assis Carvalho afirma ter confiança que a bancada do PT vai votar unida na Assembleia Legislativa. “A bancada vai votar unida. O PT faz o debate e a discussão, mas no final sempre saímos unidos. Quando ela tem alguém que tem posição contrária, é ruim para essa pessoa porque tem várias decisões que precisam do colegiado. A bancada vai votar unida e estou convencido que irá votar em Hélio Isaías”, comentou. 

Lídia Brito
lidiaibrito@cidadeverde.com 

Imprimir