Cidadeverde.com
Política

“Não estou fugindo da responsabilidade”, diz governador sobre Assembleia

Imprimir


Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O governador Wellington Dias (PT) respondeu às críticas de que a viagem de férias  a Israel seria uma “fuga” das discussões sobre a eleição da Assembleia Legislativa do Estado. Wellington afirma que na semana final das discussões já estará em solo piauiense.

A viagem terá início no dia 16 de janeiro e o retorno está previsto para o dia 29 de janeiro. A eleição na Assembleia Legislativa ocorre no dia 1º de janeiro.

“A Assembleia cuida da Assembleia, mas não estou fugindo da responsabilidade e do debate. Até porque a eleição vai ser decidida mesmo nos dias 30, 31 e 1º. E nessa data já estarei aqui. Estarei sempre aberto ao diálogo, mas a decisão é da Assembleia. Estamos tratando da Mesa Diretora, que normalmente tem a participação de todos os partidos seja governo ou oposição. Eu torço, trabalho e acredito que vamos conseguir um entendimento”, destacou. 

Wellingotn Dias também falou das trocas de farpas entre o presidente da Assembleia deputado, Themístocles Filho (MDB), e o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas.  

“No caso da Assembleia, são os deputados que irão tomar a decisão. Às vezes parece uma disputa de outro mundo, mas é apenas a eleição da Mesa Diretora. Tem dois candidatos que são da nossa base. Nossa governadora Regina Sousa vai está neste período com o mandato e vai topar com normalidade todas as ações de governo. Ciro e Themístocles são dois homens maduros. São bem experientes e sabem que é apenas um momento próprio do parlamento e com muita maturidade vamos superar pelo diálogo”, afirmou.

Wellington afirma que a viagem foi um pedido da família. “Tínhamos uma reunião agendada nesse período com os governadores do Nordeste, mas  foi adiada devido esse conflito no Ceará. Graças à Deus se caminha para uma vitória da sociedade em relação ao crime. A minha esposa Rejane e a minha filha já insistiam da importância de irmos juntos para Israel e Jordânia, que é o roteiro da Terra Santa. Como cristão também sempre tive muita curiosidade e desejo de fazer a viagem. É pessoal”, declarou.

 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com 

Imprimir