Cidadeverde.com
Geral

Saída do Dr. Gilberto Albuquerque da direção do HUT gera repercussão nas redes sociais

Imprimir


Gilberto Albuquerque (Foto: arquivo/cidadeverde.com)

A saída do médico Gilberto Albuquerque da direção-geral do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) gerou repercussão nas redes sociais. Muitos internautas criticaram a mudança da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e outros apenas elogiaram o trabalho desempenhado pelo gestor.  Alguns usuários chegaram a usar a hashtag #FicaDrGilberto. 

Em conversa com o Cidadeverde.com, dr. Gilberto relatou que ficou surpreso com os bons comentários e que eles são o reconhecimento de um trabalho feito com muita dedicação, respeito e honestidade.

"É muito difícil ser um gestor público na área de saúde de um hospital de referência, como é o HUT. Vejo isso como um imenso reconhecimento da população, que fiz um trabalho satisfatório. Eu faço parte do serviço público há mais de 20 anos, não tenho influência política, e fiz o meu trabalho na melhor medida do possível. A sensação é de dever cumprido e que dei conta do recado, eu e minha equipe. Isso me faz acreditar que a população reconhece que fiz um bom trabalho, executado de maneira correta e honesta ", comentou o médico. 

Questionado se iria receber a direção de outro hospital, dr. Gilberto respondeu apenas que possuirá outras metas a cumprir.   Com a saída dele, a enfermeira Clara Leal, ex-diretora do Hospital Getúlio Vargas, assumirá a direção-geral. A mudança já foi confirmada pela FMS.  A previsão é que ela assuma a direção a partir de fevereiro.  Alguns comentários também repercutiram que o HUT continuará em boas mãos. 

"Agora é o momento de sair, deixar com que outros possam fazer o mesmo trabalho e que também sejam reconhecidos por ele", reforçou Dr. Gilberto, que é servidor municipal e estadual.  Ele brincou falando que o "momento é de descanso" ao mesmo tempo que talvez não tenha como curtir umas férias no litoral. "Se eu sair do HUT no outro dia já devo continuar com os meus atendimentos porque sou médico", disse. 

"Assumimos a direção do HUT em 2013, momento em que ele estava em calamidade pública, e com dedicação nós conseguimos transformá-lo no melhor hospital de urgência do país pela avaliação do (Hospital) Sírio-Libanês, o sucesso mais rápido visto até agora. Foi uma evolução muita rápido e com qualidade. Quando assumimos o HUT estava entre os 30 piores lugares e, em 2015, estávamos entre os melhores hospitais do país", ressaltou Albuquerque.  

Os perfis das redes sociais da TV Cidade Verde receberam diversos comentários na matéria veiculada no dia 17 de janeiro deste ano, quando informou ao público que Dr. Gilberto não seria mais diretor-geral do HUT.  No perfil do Facebook, a postagem teve mais de 200 comentários e  147 compartilhamentos, até às 10h deste sábado (19). Confira alguns: 

 

 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Imprimir