Cidadeverde.com
Vida Saudável

Benefícios da ginástica laboral para a saúde do profissional

Imprimir

Foto: Pixabay/Fotos gratis

Cada vez mais as empresas buscam o melhor em termos de satisfação para seus colaboradores. Como as jornadas de trabalho são intensas, fica difícil, para a maioria dos profissionais, manter uma vida saudável diante da correria do dia a dia. Por isso, a ginástica laboral é um importante elemento nesse processo, promovendo sessões de exercícios em meio ao expediente.

A atividade ganha ainda mais importância porque muitas pessoas não fazem exercícios alegando, principalmente, a falta de tempo. Levam, assim, uma vida sedentária.

É o caso de quem trabalha em uma mesa de escritório em frente a um computador ou executa movimentos repetitivos. Para eles, a introdução de exercícios físicos ao longo da atividade laboral traz uma série de vantagens.

Benefícios

Entre os benefícios podemos citar a redução da fadiga, sedentarismo e estresse; prevenção de doenças provocadas por repetição, tais como Ler (Lesões de Esforço Repetitivo) e Dort (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho); melhoria da circulação sanguínea e de aspectos relacionados aos tendões; correção da postura; incremento na relação entre colegas de trabalho, evolução na concentração e aumento de produtividade.

Tipos

A ginástica laboral poderia ser dividida em dois tipos. O primeiro é a atividade preparatória, com duração entre 5 e 10 minutos, feita nas primeiras horas de trabalho ou antes mesmo da jornada ser iniciada. Consiste em um aquecimento ou alongamento.

A outra é a ginástica compensatória, realizada durante o dia de trabalho, que é composta de descontração e relaxamento muscular. Uma sessão de relaxamento, ao final da jornada, também é benéfica para o alívio das tensões.

Curiosidade

No Brasil, a prática data de 1901. A primeira empresa a proporcionar ginástica aos seus funcionários foi a Fábrica de Tecidos Bangu, sendo seguida pelo Banco do Brasil.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir