Cidadeverde.com
Esporte

Vasco passa pelo Resende e vai à final da Taça Guanabara

Imprimir

Em jogo que quase foi adiado por causa do risco de tempestade no Rio de Janeiro, o Vasco venceu o Resende por 3 a 0, nesta quarta-feira (13), no Maracanã. Lucas Mineiro, Yago Pikachu e Marrony fizeram os gols que levaram o time cruzmaltino à final da Taça Guanabara.

Foto: Reprodução/Twitter oficial/FERJ

A partida foi marcada por homenagem das duas equipes às vítimas do incêndio no CT Ninho do Urubu e das enchentes no Rio de Janeiro na semana passada.

O Vasco agora aguarda o vencedor do duelo entre Flamengo e Fluminense, que acontecerá nesta quinta-feira, também no Maracanã. O Rubro-Negro joga com a vantagem do empate.

A decisão da competição acontecerá no próximo domingo (17), no Maracanã, e, em caso de igualdade no placar, a disputa será nos pênaltis.

O Vasco fez uma boa e consistente atuação, mas sua vitória foi construída em cima dos erros defensivos do Resende. Em todos os gols o time adversário apresentou falhas, algumas graves, como no terceiro, feito por Marrony, quando o goleiro Ranule perdeu a bola.

Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, Danilo Barcellos bateu com perfeição o escanteio da esquerda e o volante Lucas Mineiro subiu livre, cabeceando no canto esquerdo do goleiro Ranule, que ficou apenas olhando.

Com o controle do jogo, o Vasco ampliou aos 33 minutos após lindo passe em profundidade de Lucas Mineiro, que achou o lateral Raúl Cáceres. O paraguaio cruzou na cabeça de Yago Pikachu, que após a conclusão, sua chuteira direita saiu do pé. Na comemoração, chegou a jogá-la para o alto.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Danilo Barcelos mais uma vez cobrou um escanteio com veneno. Desta vez foi diretamente para o gol e a bola quase entra.

Aplicado pela primeira vez no Campeonato Carioca, o VAR foi utilizado para confirmar o terceiro gol do Vasco. A jogada se iniciou quando o goleiro Ranule se enrolou todo com a bola, perdeu para Marrony e o jovem chutou para o fundo do gol aos 17 minutos do segundo tempo. Após dois minutos de consulta, o árbitro Rodrigo Nunes de Sá confirmou o tento.

Com o resultado, o Vasco chega à sexta vitória em seis partidas na Taça Guanabara. Na primeira fase, a equipe dirigida por Alberto Valentim teve 100% de aproveitamento, com nove gols marcados e apenas dois sofrido.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir