Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Fugindo de crise humanitária, venezuelanos chegam ao Piauí

Imprimir

O Piauí está sendo o destino de venezuelanos que têm deixado seu país de origem devido a crise humanitária que tem se agravado e ganhado novos contornos desde a semana passada. Pelo menos quatro imigrantes da Venezuela estão morando no estado e mais três famílias devem chegar nos próximos dias. 

"As pessoas trabalham um mês pra conseguir comprar um almoço. Depois tem que se virar pra conseguir as comidas dos outros dias", disse Jovenca Peña teve que deixar o filho para tentar no Brasil, um tratamento de saúde contra um câncer.

Em dezembro de 2018, uma família de venezuelanos também chegou ao Piauí, sendo que um deles também veio tratar um câncer.

No Brasil, 52 cidades em 19 estados estão acolhendo refugiados. 

"Nós localizamos as pessoas que precisam de ajuda médica. Essas pessoas são levadas para uma casa de apoio em Boa Vista, em Roraima, e de lá são transferidas para diversas cidades no Brasil. Temos 52 cidades em 19 estados, onde 1.104 pessoas já foram acolhidas", disse Pedro Pinheiro, membro da comissão de ajuda humanitária. 


MISSÃO DE PAZ

O padre Zé Vicente, que atuou alguns anos na cidade de Ipiranga do Piauí, está em missão de paz em Boa Vista-RR ajudando venezuelanos que buscam refúgio no Brasil.

"Para mim é uma alegria participar desse momento. Estamos em missão de paz e tentando entrar na Venezuela para levar alimentos, paz e remédios para aquele povo que hoje sofre", disse o padre que, atualmente, é da diocese de Crato-CE. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir