Cidadeverde.com
Últimas

Mais de 1 mil condutores foram multados pela PRF em operação pré-carnaval

Imprimir

(Foto: PRF-PI)

Mais de 1 mil condutores foram multados durante a operação Abre Alas deflagrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais que cortam o Piauí. Em quatro dias foram 1.950 fiscalizações, entre veículos e pessoas, com um registro de 1.021 infrações de trânsito. 

"Esse tipo de trabalho prévio mostrou o rigor que a fiscalização da PRF vai passar na operação Carnaval", disse Mateus de Paula, assessor de comunicação da Policia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI).

Durante a operação, ações estratégicas foram lançadas em pontos críticos da circunscrição do órgão. Autuações por excesso de velocidade, ultrapassagens irregulares e o não uso de capacete também estiveram entre os registros mais comuns. 

"Os 173 registros de motociclistas sem o uso de capacete preocupam a PRF, principalmente nos municípios margeados pelas rodovias. A falta do equipamento obrigatório potencializa a letalidade nos acidentes com esse tipo de veículo", ressalta a PRF.

Excessos

Ao todo, 62 veículos foram flagrados por excesso de velocidade pelos radares da PRF. Distribuídos simultaneamente em múltiplos pontos da rodovia, o radar fotográfico é uma das principais ferramentas no combate ao excesso de velocidade nas rodovias.

Já em manobra irregular de ultrapassagem, 54 veículos foram autuados. No período também foram realizados 500 testes de alcoolemia em todo o estado, resultando em seis autuações. A operação flagrou ainda 127 veículos por excesso de peso. 

(Foto: PRF-PI)


Operação Carnaval

Às 0 horas desta sexta-feira (01), teve início a operação Carnaval. A estratégia visa aumentar o policiamento ostensivo nas rodovias federais com o intuito de preservar vidas.

No Piauí a PRF conta com o reforço de policiais lotados em setores administrativos, além de escalas extras e convocações de servidores de outras regionais. 

A operação segue até as 23h59 do dia 06 de março e, apesar do foco no trânsito, segue também com o policiamento visando o enfrentamento à criminalidade.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir