Cidadeverde.com
Entretenimento

Crise faz Louis Vuitton desistir de abrir loja no Japão

Imprimir

A unidade japonesa do grupo francês Louis Vuitton abandonou seus planos de abrir uma loja no distrito comercial de Ginza, em Tóquio, por causa da queda de suas vendas, informa o jornal "Nikkei".

O grupo tinha planejado abrir uma das maiores lojas da Louis Vuitton no mundo em um prédio de 12 andares.

A marca de luxo sentiu os efeitos da crise financeira. As vendas da Louis Vuitton caíram 7% no Japão --um dos principais mercados de luxo do mundo-- nos primeiros nove meses deste ano.

Diante da baixa nas vendas e da crise financeira internacional, o grupo francês decidiu cancelar seu contrato de aluguel com a imobiliária dona do edifício.

A Louis Vuitton e outras marcas como Bulgari, Gucci, Burberry e Hermes, todas presentes no bairro de luxo de Ginza, obtêm pelo menos um quarto de seu lucro mundial no Japão, segundo a Organização de Comércio Exterior do país.

 
 
Fonte: Folha Online
Tags:
Imprimir