Cidadeverde.com
Viver Bem

Mitos e verdades sobre o consumo do leite

Imprimir

Foto: Pixabay/ fotos gratis

O leite é um dos alimentos campeões em controvérsia. Há quem defenda seu consumo de forma irrestrita, e também os que pregam que deve ser deixado de lado em dado momento da vida. Isso sem falar nos que têm intolerância a lactose, totalmente privados dessa possibilidade.

Há, inclusive, diversas teorias sobre qual seria o tipo ideal ou a melhor maneira de consumi-lo. Mas, afinal, o que é mito e o que é verdade sobre o tema? Trazemos algumas perguntas e respostas:  

Leite pode dar muco?

Estudos não mostram isso. Em um trabalho, pessoas que tomaram leite até relataram o incômodo, mas, na verdade, ficou claro que não produziram mais secreção nas vias aéreas.

Diabéticos devem tomar a versão sem lactose?

Nem pensar. O açúcar do leite continua ali, mas já quebrado. Ou seja, a absorção é até mais rápida – ruim para quem tem diabete.

Tirar lactose emagrece?

Não é que a bebida zero lactose seja isenta de açúcar. Ocorre que ele já virou glicose e galactose antes de sair da fábrica. Esse tipo de produto é direcionado a quem tem intolerância

É verdade que grávidas não podem tomar leite durante a gestação?

Mito. A falta de consumo do leite e derivados durante a gestação coloca em risco o feto em uma série de deficiências nutricionais.

Tomar muito leite na infância faz evitar problemas de saúde quando adulto?

Verdade. As recomendações para a ingestão dietética de cálcio têm aumentado para crianças e adolescentes a fim de maximizar o pico da massa óssea e por fim reduzir o risco de fraturas osteoporóticas.

Alergia ao leite está mais frequente entre adultos?

Não. Esse quadro é comum em crianças e tende a passar.

Leite de cabra tem menor potencial de dar alergia?

As proteínas alergênicas da bebida da vaca são bem parecidas com as da cabra. Logo, os alérgicos devem ficar longe de ambas.

Intolerantes nunca poderão tomar leite?

Geralmente essas pessoas toleram até 12 gramas de lactose, o que dá mais ou menos um copo de leite. Se preferir não arriscar, existem produtos sem lactose no mercado atualmente.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir