Cidadeverde.com
Esporte

Perto do jogo 100 no Palmeiras, Bruno Henrique explica seca de gols em 2019

Imprimir

Bruno Henrique vai completar 100 jogos pelo Palmeiras no domingo (7), quando o time enfrenta o São Paulo no Allianz Parque pela volta da semifinal do Campeonato Paulista. Prestes a atingir uma marca importantíssima, o volante, por outro lado, segue zerado em outro departamento em 2019: gols. 

Ainda sem balançar as redes na temporada, o capitão alviverde explicou que o técnico Luiz Felipe Scolari mudou sua função em campo para acomodar o meia-atacante Ricardo Goulart.

"No ano passado tive oportunidade de fazer gols, mas, neste ano, principalmente com a chegada do Goulart, mudou um pouquinho minha característica. Por ele estar muito na área, eu fico um pouco mais recuado. É pela característica dos jogadores que temos hoje. 

O Felipão já conversou bastante comigo sobre isso. Minha primeira função é como volante", disse ele, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (4), no CT do Palmeiras.

Em 2018, Bruno Henrique marcou 14 gols em partidas oficiais e teve na chegada à frente uma de suas principais características. Já neste ano ele tem se preocupado mais com a parte defensiva ao lado de Felipe Melo e deixado o ataque mais para o quarteto de frente, normalmente formado por Gustavo Scarpa, Ricardo Goulart, Dudu e Deyverson.

Bruno também falou do reencontro com o técnico Cuca, com quem trabalhou brevemente em 2017 no Palmeiras e que vai fazer sua estreia no comando do São Paulo justamente na semifinal. 

Para ele, o conhecimento do treinador sobre o elenco alviverde não será um fator decisivo na partida.

"Quando o treinador conhece, claro que pode ajudar de alguma maneira. Mas nós estaremos muito bem preparados para não sermos surpreendidos. Independentemente de ele conhecer a gente, temos que focar no nosso trabalho. 

São os dois lados, a gente sabe a maneira dele trabalhar. Sabemos das coisas que ele faz no vestiário, mas temos que nos preocupar conosco", afirmou.

O Palmeiras tem 100% de aproveitamento contra o São Paulo em jogos no Allianz Parque. Se vencer de novo, estará na final, já que o jogo de ida terminou empatado por 0 a 0.

"Temos um retrospecto muito bom em casa, vamos tentar aproveitar esse fator para fazer um grande clássico. Uma vitória nos dá essa oportunidade de se classificar. 

Claro que precisamos jogar muito. Vamos trabalhar extremamente focados para ir à final", completou Bruno.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir