Cidadeverde.com
Geral

Falta de médicos no interior faz HUT prever "caos" no fim de ano

Imprimir
 
Com as proximidades das festas de fim de ano, a direção do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) está preocupada. Segundo o médico Gilberto Albuquerque, 170 hospitais do interior do Estado estão sem médicos. Os hospitais que dão suporte ao HUT em Teresina vão estar fechados no período de 19 de dezembro a 05 de janeiro, o que dificulta mais ainda o atendimento do hospital.
 
Gilberto Albuquerque explicou que para os feriados de Natal e Ano Novo, serão feitas duas escalas com os médicos: uma presencial e outra de sobreaviso.
 
O médico pede que as pessoas com febre, dor de cabeça ou barriga que procurem atendimento nos bairros, pois a prioridade no HUT serão os casos de traumas.
 
“Durante o Natal e Ano Novo, os acidentes com trauma e politraumas aumentam muito e apesar de montarmos equipes extras de apoio não teremos espaço suficiente para atender a todos”, argumentou Gilberto Albuquerque.
 
De junho a dezembro de 2008, o HUT já realizou 3.756 cirurgias: 1.270 gerais, 1.309 ortopédicas, 532 neurológicas, 353 vasculares, 117 buco-maxilares, 73 torácicas, 61 oftalmológicas, 04 otorrinos e 37 plásticas. No mesmo período, o HUT também já realizou 30.326 atendimentos de urgência.  
 
 
Conceição Santos
[email protected]
Tags:
Imprimir