Cidadeverde.com
Geral

Policial tem prisão decretada após vídeo em que agride suspeito de assalto

Imprimir

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com

A Polícia Militar do Piauí decretou a prisão cautelar administrativa de uma policial, que não teve a identidade revelada. De acordo com informações da diretoria de Comunicação da PM, a prisão ocorreu após vazar vídeo em que a PM agride um suspeito de assalto a uma papelaria no bairro Dirceu Arcoverde II, zona Sudeste de Teresina.

A agressão foi registrada no dia 17 de abril. Neste domingo (21), o Comando Geral decretou a prisão cautelar administrativa. O Comando Geral também determinou que a corregedoria instaurasse Inquérito Policial Militar para apurar o fato.

A PM informa que o suspeito  além de assaltar o estabelecimento comercial, teria ameaçado funcionários e clientes que estavam no momento do crime. A Polícia Militar foi chamada e durante a ação a policial teria agredido o suspeito. 

No início do mês, dois policiais militares do Piauí tiveram a prisão administrativa decretada após um vídeo em que um preso aparece sendo torturado. O flagrante ocorreu dentro da Delegacia de Piripiri, no Norte do Estado. 

NOTA À IMPRENSA

A Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informa que o Comandante Geral decretou a Prisão Cautelar Administrativa,  de uma Policial, nos termos do artigo 11, parágrafo 2°, do Decreto Estadual n° 3.548/80, em consonância com o disposto no artigo 5°,  LXI, da CF/88, ao  tomar conhecimento de um vídeo, em que a Policial Militar agrediu fisicamente um Nacional que realizou furtos e ameaças  nas dependências da papelaria do Estudante, na Avenida  principal do Dirceu Arcoverde II, no dia 17/04/19, por volta das 12 horas.

Além disso, determinou a   Corregedoria para  Instauração do Inquérito Policial Militar para apurar o fato.

Teresina, 21 de abril de 2019.
Elza Rodrigues Ferreira - TC Diretora de Comunicação Social da PMPI.

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com 

Imprimir