Cidadeverde.com
Geral

Polícia prende suposta namorada de assaltante que matou mototaxista

Imprimir

Foto:Reprodução/TV CidadeVerde

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil do Piauí prendeu nesta terça-feira (23) uma segunda pessoa suspeita de envolvimento na fuga de Denis Henrique Gomes da Silva, 26 anos, acusado de assassinar mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa, no último dia 16, na avenida, Barão de Gurguéia, zona Sul de Teresina. Bruna Lohana Nunes Martins, de 21 anos, é apontada como namorada do suspeito e estaria acobertando a fuga.

Bruna foi conduzida ao Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) onde presta depoimento. A polícia garante ter provas, incluindo fotos, que confirmam a ligação dela com Dênis, incluindo após o assassinato do mototaxista.

A jovem foi presa no bairro Porto Alegre, zona Sul de Teresina. “Abordamos ela no meio da rua. Ela não diz o endereço onde mora. Ela que está cuidando dele (Densi)” informou o  major Audivam Nunes, do DHPP.

Após apreender a irmã do suspeito de assassinar o mototaxista na última quarta-feira (17) a Polícia Civil continuou diligências em busca de novas informações. De acordo com a polícia, a irmã de Denis teria embarcado com o irmão em um veículo de motorista de aplicativo que levou o suspeito do assassinato até o município de Timon (MA). 

Ariosvaldo foi atingido com um tiro na cabeça ao perseguir Denis em uma moto na noite da terça-feira (16). Denis revidou com arma de fogo acertando o mototaxsta que tentava abordá-lo após uma tentativa de ssalto. O caso ocorreu próximo a um estacionamento de supermercado na avenida Barão de Gurguéia, na zona Sul de Teresina. Vídeos gravados por testemunhas mostram a vítima estendida ao chão logo após ser baleada. 

O mototaxista foi colocado em um carro particular e encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde faleceu na manhã desta quarta (17) após complicações por conta do ferimento. 

Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

Imprimir