Cidadeverde.com
Cidades

Ministério Público quer manutenção da PI-255 em 120 dias

Imprimir

Foto: Reprodução/GoogleStreetView

As condições de conservação da rodovia PI-225 motivaram a apresentação de ação civil pública por parte do Ministério Público do Piauí. A promotoria de Justiça de Avelino Lopes ingressou, no último dia 12 de maio, com ação contra a construtora, o Governo do Estado e o Departamento de Estradas e Rodagem do Piauí (DER). A obra atualmente está parada.

O promotor de Justiça, Luciano Lopes Sales, autor da ação, requer a expedição de liminar para obrigar o início da manutenção da rodovia no trecho entre Curimatá e Avelino Lopes.

A ação também pede que DER realize a manutenção definitiva de todos os 42 km entre os municípios em no máximo de 120 dias. Em caso de descumprimento da liminar, o representante do Ministério Público do Estado requer a aplicação de multa diária no valor de R$ 10 mil.

O abandono vem causando mais prejuízos para o Estado do Piauí, uma vez que a paralisação da obra implica em aumento de despesas, já que aumentam os gastos por maior necessidade de mão de obra e por mais material para refazer as partes abandonadas”, afirma o titular da Promotoria de Justiça de Avelino Lopes e Curimatá.

A obra foi orçada em R$ 5,8 milhões, a ordem de serviço foi dada no dia 9 de julho de 2017. A conclusão estava prevista para os quatro meses seguintes.

O Cidadeverde.com procurou o DER mas ainda não obteve retorno.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir