Cidadeverde.com
Economia

Secretária pretende expandir agronegócio do Piauí no país

Imprimir

Um diagnóstico das potencialidades produtivas do Piauí será realizado pela secretaria do Agronegócio. Recém-empossada, a secretária Simone Pereira destaca que a ideia é difundir o agronegócio piauiense no país. 

"O diagnóstico está sendo elaborado em parceria com a secretaria de Planejamento e a Fundação Cepro que já têm pesquisas e, inclusive, resultaram na divisão dos 12 territórios, cada um com sua potencialidade. A Embrapa também tem sua pesquisa. A  gente está buscando compilar essas pesquisas para que possamos montar nosso diagnóstico e ir até Brasília apresentar tanto para a nossa bancada quanto para o Ministério, o Piauí que temos e o Piauí que queremos", disse a secretária do Agronegócio do Piauí. 

"Temos conversado com os produtores e lançamos a ideia para que possamos fazer nos moldes que era o Piauí Sampa, o Piauí Agro com grandes feiras, amostras de pecuária, para que possamos mostrar os animais que nós temos, a qualidade desses animais e o que o Piauí é capaz de produzir. A gente tem um plantel muito bom, mas o Brasil precisa conhecer isso. É levando os produtores para fazer suas amostras nas grandes feiras que temos Brasil afora", acrescenta a gestora. 

Em relação a demandas do Cerrado,  como a situação das rodovias para escoamento de grãos e a questão da energia, Simone Pereira adianta que se reuniu com produtores e a idea é criar um conselho deliberativo. 

"Já tivemos uma conversa com a associação de produtores de soja. Lançamos a ideia de criar um conselho deliberativo e paritário em que tanto o poder público quanto os produtores, órgãos de financiamento e conselhos de cada categoria possam participar, para que juntos possamos montar uma política eficiente na questão do agronegócio. Os próprios produtores têm projetos prontos, orçamentos prontos o que vai nos ajudar a  acelerar nossa proposta para levar ao Congresso Nacional", disse a secretária. 

Entre as metas, Simone Pereira cobra urgência na instalação da Comissão do Agronegócio na Assembleia Legislativa do Piauí.

"Essa comissão foi criada, mas não foi instalada. Estamos marcando uma audiência com o presidente da Casa para que possa ser instalada imediatamente. Até porque é lá que as leis são instituídas e é preciso que se abra um canal de discussão com os produtores que são as pessoas que realmente estão interessadas", conclui a secretária do Agronegócio do Piauí. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir