Cidadeverde.com
Política

Procuradoria vai recorrer, diz Themístocles sobre liminar que exige transparência

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (MDB), diz que a casa vai recorrer a decisão judicial que determinou o legislativo estadual a disponibilizar, em 60 dias, no Portal da Transparência, a prestação de contas de recursos gastos com folha de pessoal.

“Não tem problema, mandamos para o Tribunal de Contas. O Portal a Transparência da Assembleia é igual o da Câmara Federal, a nossa Procuradoria vai encaminhar a defesa como naturalmente encaminha para qualquer situação na Assembleia”, respondeu o deputado negando a possibilidade da liminar ter motivação política. “É um direito”, disse.

Previdência

Para Themístocles, a Reforma da Previdência deve contemplar todos os entes federativos. “No meu entender já deveria votar o Brasil como um todo, federal, estadual”, afirmou.

Sobre a declaração do governador Wellington Dias que afirmou, nesta segunda-feira (03) que seria cômoda a não entrada do Estado do Piauí na reforma, Themístocles rebateu:

“É uma decisão do Congresso Nacional. Mas se o governador disse isso, porque eu não vi, ele deveria dizer isso lá em Brasília, para a Câmara Federal, para o presidente do Senado”, respondeu.

“Quem mais sente é o Estado que tem um déficit de mais de R$ 1 bilhão por ano. Cabe ao governador dizer como vai resolver esse déficit”, falou.

Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

Imprimir