Cidadeverde.com
Esporte

Em Brasília, Flamengo encara o CSA para seguir perto do líder

Imprimir

Em seu último jogo antes de o português Jorge Jesus assumir o comando técnico, o Flamengo enfrenta o CSA nesta quarta-feira (12), às 21h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

A partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro é importante para os cariocas manterem o sonho de brigar pelo título.

Com 14 pontos, o Flamengo tem cinco de desvantagem para o líder Palmeiras e ocupa a quinta colocação. O time alviverde ainda tem uma partida a menos. Por isso, a última partida antes da pausa para a Copa América é vital para o clube.

Depois do torneio de seleções, os rubro-negros estarão mais ocupados com os jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

O Flamengo não perde há três rodadas no Brasileiro, mas vem de um empate sem gols com o Fluminense. O técnico Marcelo Salles, que ocupa o cargo interinamente desde a saída de Abel Braga, não poderá contar com o lateral Pará, suspenso.

O goleiro Diego Alves, o meio-campista Diego e o zagueiro Léo Duarte, contundidos, também estão fora do confronto.

Além deles, também não poderão atuar o volante Cuellár, o lateral Trauco e o meia Arrascaeta, que estão servindo suas seleções na Copa América. Com tantos desfalques, a melhor opção para o treinador foi a escalação de um time com três atacantes. Vitinho entrará no time titular para atuar ao lado de Gabigol e Bruno Henrique.

Da "velha guarda" da formação rubro-negra também está garantido o volante Willian Arão, que falou sobre seu novo posicionamento. "O Marcelo prefere que eu jogue um pouco mais recuado, não saindo tanto, e atendo o que o treinador me pede. 

Com o Abel, começava já mais na frente, a própria marcação era mais à frente. Não tenho liberdade como tinha antes, mas é tranquilo", disse.

O CSA ocupa a penúltima colocação do campeonato. São seis pontos somados em oito partidas, o que deixa o time de Maceió à frente apenas do Avaí, que tem quatro pontos.

O clube alagoano não atuará no estádio Rei Pelé, em Maceió, pois vendeu o mando de campo contra o Flamengo para arrecadar mais dinheiro.

Para esse duelo, o técnico Marcelo Cabo não poderá contar com o zagueiro Luciano Castán e o volante Naldo, suspensos. O atacante Matheus Sávio não poderá atuar por força contratual, já que pertence ao Flamengo.

Fonte: Folhapress

Imprimir