Cidadeverde.com
Política

PT de Teresina repudia apoio dos dois petistas a Berger

Imprimir
Rosário Bezerra foi uma das vereadoras eleitas pelo PT
 
O Diretório Municipal do PT está repudiando a decisão dos dois vereadores do partido – Rosário Bezerra e Décio Solano – de apoiarem à candidatura do tucano Renato Berger a presidência da Câmara.
 
Para o presidente do Diretório do PT, Francisco Sales, o apoio declarado dos petistas ao vereador Renato Berger é “contraditório” a história de oposição do partido na Câmara.
 
Segundo Sales, a executiva do PT não foi consultada e irá recomendar que os vereadores não votem em Berger. A proposta do presidente é que os petistas anulem o voto ou se abstenham da eleição. 
“O PT deveria ter chapa própria. Em outros momentos em que o partido não tinha nem visibilidade, só com um vereador, mesmo assim se marcava uma posição na eleição. Ou anulava o voto ou se abstendo”, disse Sales.
 
De acordo com o presidente do PT, o nome de Renato Berger representa o “continuísmo” e a gestão do prefeito Sílvio Mendes (PSDB). "Renato Berger não mudou em nada nos últimos anos. Não tem diálogo com o movimento social e não é novidade e nem representa mudança. Eu sei que ele não é pior que o Ferreira, mas pior também não é", declarou Sales, em referência ao vereador cassado e ex-presidente da Câmara.
 
Sales ainda reclamou que desde os mandatos de Francisca Trindade, o PT lançava chapa de oposição para proporcionar o debate na Câmara, o que não ocorre nos últimos anos.
 
Tags:
Imprimir