Cidadeverde.com
Esporte

Didi é selecionado pelo New Orleans Pelicans como 35ª escolha do Draft da NBA

Imprimir

Mais um brasileiro fará parte da NBA a partir da temporada 2019/2020. Na noite desta quarta-feira, em Nova York, Didi foi selecionado pelo New Orleans Pelicans no Draft, sendo a 35ª escolha, na segunda rodada do processo de recrutamento de jovens atletas da liga norte-americana de basquete. 

"Estou bastante emocionado. Um sonho que consegui conquistar, não tem preço. Dedico para minha mãe, minha avó. Elas sempre batalharam muito para ter o melhor para mim. Estou bastante emocionado e sem palavras para descrever esse momento", afirmou o brasileiro. 

O jogador do Franca, de 19 anos, foi descoberto pelo tradicional time de basquete do interior paulista em um projeto social do Espírito Santo. E em 2018 chamou a atenção ao ser um dos destaques da conquista do Sul-Americano Sub-20 pela seleção brasileira. 

Desde então, passou a ser convocado para a equipe principal do Brasil pelo técnico croata Aleksandar Petrovic, compondo a equipe que se classificou para o Mundial. Além disso, na última temporada do basquete nacional foi vice-campeão do NBB pelo Franca, tendo se lesionado no último duelo da série contra o Flamengo. 

E Didi apontou a passagem pela seleção como algo importante para a sua escolha no Draft da NBA. "Jogar pela seleção brasileira foi incrível. Cheguei na seleção adulta, joguei com nomes de qualidade como Leandrinho, Varejão, Marquinhos. Fico muito feliz com isso", afirmou. 

O ala de 1,95 metro e 84kg entrou na mira dos olheiros norte-americanos em sua participação no Nike Hoop Summit, tradicional partida promovida desde 1995 e que reúne promessas dos basquete mundial. Mas nas projeções feitas para esta quinta-feira pelos principais veículos especializados, o nome dele sempre aparecia depois da escolha 50, indo para Philadelphia 76ers ou Los Angeles Clippers. A seleção, porém, ocorreu bem antes e para o Pelicans. 

A escolha de Didi foi feita oficialmente pelo Atlanta Hawks, mas a sua seleção passará para os Pelicans em função de uma troca entre as equipes. Antes de Didi, o último brasileiro a ser escolhido no Draft havia sido Bruno Caboclo, em 2014, pelo Toronto Raptors, como 20º selecionado.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir