Cidadeverde.com
Política

Patriotas dá ultimato para vereadores definirem sobre as filiações

Imprimir

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

Com o fim das coligações proporcionais, os partidos têm pressa para formar as chapas de vereadores. É o caso do Patriotas. A legenda deu um ultimato para que os vereadores que desejam ingressar na sigla deem uma resposta até segunda-feira (19).

O vereador Neto do Angelim afirma que sem essa definição é difícil convidar novos nomes que não possuem mandatos para a sigla. A chapa proporcional deve ter 44 nomes e 30% devem ser de mulheres.

"Na verdade estamos dando um xeque-mate para quem deseja se filiar ao Patriotas. Os vereadores de mandato devem confirmar até a segunda-feira  (19) se irão ou não para o partido. Vamos começar a formar a chapa. Estamos organizando a chapa proporcional", disse.

O partido estabeleceu um teto de 2 mil votos. Há rejeição a nomes que possuam previsão de votos acima do teto.

"Temos quem de fato faz parte do partido. Para convidar as pessoas para montar a chapa é preciso saber quantos vereadores temos. Uma das metas é  o teto de 2 mil votos", destacou.

O teto dificulta a ida do vereador Valdemir Virginio que  teve 4 mil votos. Para permanecer na legenda, ele deve levar lideranças com mais de 1 mil votos. 

"Conversamos com ele. A meta é que cada vereador traga lideranças. O vereador Valdemir vai apresentar nome. Não venha só o vereador, mas que traga aliados com nível de votos acima de mil. Todos terão que retirar do sangue", destacou.

Os parlamentares cotados para se filiarem à sigla são Stanley Freire, Ze Filho e Nilson Cavalcante.


Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com

Imprimir