Cidadeverde.com
Geral

Marcada audiência do suspeito de atirar em esposa de coronel da PM

Imprimir

Foto: yala Sena/ Cidadeverde.com

Audiência está marcada para as 8h30, na sede do Fórum Cível e Criminal 

O juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, José Vidal de Freitas Filho, marcou para o dia 23 de setembro a audiência de instrução e julgamento de Carlos Henrique Rodrigues Barros acusado de atirar na esposa do coronel  da Polícia Militar do Piauí Paulo de Tarso durante tentativa de assalto, em fevereiro deste ano. 

Maria do Perpetuo Socorro Melo Carvalho foi atingida com um tiro no rosto. Ela chegava em casa no bairro Ininga, na zona Leste de Teresina, quando foi abordada por criminosos. No dia do crime, a PM informou que o tiro teria sido efetuado porque o veículo da vítima era automático e ao tirar o pé do freio, o veículo avançou, momento em que os suspeitos imaginaram que Socorro se negaria a entregar o carro. Por conta do tiro, a vítima foi submetida a vários procedimentos cirúrgicos. 

"Da análise aos autos, não se verifica quaisquer das hipóteses de Absolvição Sumária do acusado, previstas no art. 397 do CPP, máxime considerando ínsitos a espécie, a materialidade do delito e os indícios de autoria", considerou o juiz. 

No processo, Carlos Henrique é acusado de roubo majorado. Ele foi indiciado pelo 12º Distrito Policial. A decisão-mandado com a data da audiência foi expedida na última quinta-feira (15). 

Além de Carlos Henrique, mais dois são acusados de participação no crime. Contudo, a audiência dos demais ainda não foi marcada. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir