Cidadeverde.com
Política

Elmano diz que lei do abuso de autoridade é mordaça ao Judiciário

Imprimir

O senador Elmano Férrer criticou nesta sexta-feira (23) o projeto de lei do abuso de autoridade aprovado pela Câmara Federal. Segundo o parlamentar, a lei amordaça o Judiciário e várias instituições que atuam contra a corrupção. Na manhã de hoje houve protestos de juízes em Teresina 

“Nós nunca vivemos momento tão importante da democracia, principalmente do poder Judiciário. Nunca tanta gente poderosa foi vista sendo presa. Isso é amordaçar o judiciário, aterrorizar o Ministério Público, Policia Federal e a todos aqueles do Estado que estão contra a corrupção”, afirmou o senador durante entrevista à TV Cidade Verde.

Elmano, assim como dezenas de instituições, querem o veto total da matéria pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Pedimos o veto total desta lei que foi encaminhada ao presidente. Cabe a ele sancionar em parte ou vetar como toda a sociedade espera”, declarou.

Queimadas

O senador comentou as declarações do presidente Bolsonaro sobre as queimadas na Amazônia, e defendeu investigação para apurar se há incêndios criminosos.

“Tudo é possível. A gente vive um momento difícil. Tem aqueles que aplaudem a mudança e outros que não querem. O governo tem a coragem de enfrentar essas questões. Se tiver ato criminoso tem que ser apurado”, afirmou.

Foto: Analice Borges

Obras no Piauí

O parlamentar se mostrou preocupado com o contingenciamento de recursos do governo federal para obras nos estados, dentre eles o Piauí. Obras como o alargamento das BRs 343 e 316 podem ser atingidas.

“Reconhecemos que está havendo contingenciando e isso nos preocupa. A situação econômica do pais se traduz e podemos ter problemas relacionados ao caixa”, disse, ressaltando que o viaduto da BR-343 no Mercado do Peixe deve ser entregue em fevereiro de 2020.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir