Cidadeverde.com
Esporte

Judoca de 20 anos é encontrado morto em piscina da própria casa em Curitiba

Imprimir

O judoca Gabriel Schlichta, considerado uma das promessas da modalidade no Brasil, morreu neste domingo (08) em Curitiba. O corpo do jovem, de 20 anos de idade, foi encontrado afogado na piscina do imóvel onde ele morava. 

A causa da morte não foi divulgada. A informação foi confirmada pela Federação Paranaense de Judô ao UOL. O enterro do atleta será nesta segunda-feira (09) no Cemitério Paroquial Nossa Senhora do Rosário, em Colombo.

O caso causou comoção nas redes sociais. A Federação Paranaense de Judô divulgou uma nota de pesar para lamentar a morte do judoca.

Veja o comunicado:

"Informamos com pesar o falecimento do atleta da Sociedade Morgenau Gabriel Adriano nascido em 26/08/1999 e falecido na data de hoje 08/09/2019. Sua morte nos deixou muito surpresos, mas esperamos que ele possa estar em um lugar melhor.

O judoca fez parte das seleções brasileiras de Base e, em 2016, foi bronze no Campeonato Pan-Americano Sub-18 e campeão sul-americano sub-18 no peso Leve (73kg), além de figurar no pódio de diversas competições estaduais e nacionais.

Agradecemos a todas as mensagens de conforto recebidas até agora. Elas só mostram o quanto era querido por todos, com seu profissionalismo, inteligência, amizade e grande atleta. Devemos sempre lembrá-lo (a) com alegria, gratidão e muita saudade."

PATRICK MESQUITA
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir