Cidadeverde.com
Esporte

Venda de jogadores em 2019 movimenta R$ 976 milhões no futebol brasileiro

Imprimir

De 1.º de janeiro a 31 de julho, a venda de jogadores do Brasil para o exterior movimentou 213 milhões de euros (R$ 976 milhões). Os dados fazem parte do Raio-X do Mercado 2019, divulgado pela CBF. O montante foi arrecadado com a venda de 91 jogadores.

Os principais destaques do mercado no período foram o lateral-esquerdo Renan Lodi, vendido pelo Atlhetico-PR por 20 milhões de euros (R$ 90 milhões) para o Atlético de Madrid, da Espanha, e o volante Jean Lucas, revelado pelo Flamengo e que estava emprestado ao Santos, negociado por 8 milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões) com o Lyon, da França.

Ao todo, os clubes brasileiros negociaram 635 jogadores com destino ao exterior até o dia 31 de julho, mas somente 91 envolveram valores. As demais transações foram de atletas sem contrato ou emprestados de graça.

O mercado brasileiro é dividido pela CBF em duas janelas de transferências internacionais: a primeira vai de 1.º de janeiro a 3 de abril e a segunda de 1.º de julho a 31 de julho.

Por isso, ainda não estão computadas no levantamento negociações como a venda do atacante Pedro, do Fluminense para a Fiorentina, da Itália, por 11 milhões de euros (R$ 50,2 milhões), já que a transação só foi finalizada no dia 2 de setembro.

Entre 1.º de janeiro a 31 de julho, 983 jogadores fizeram o caminho inverso e vieram do exterior para o Brasil. De acordo com a CBF, essas transações movimentaram 59 milhões de euros (R$ 268 milhões).

Dessas 983 negociações, 745 foram registradas pelos clubes no sistema de transferências acessado pela CBF e conectado à Fifa. As outras transferências foram de jogadores amadores (150) e de futsal (88).

O Raio-X do Mercado divulgado pela CBF inclui ainda negócios realizados apenas entre clubes do país. Até 31 de julho foram registradas 12.493 transferências internas que movimentaram R$ 269 milhões.

Como comparação, durante todo o ano de 2018, de janeiro a dezembro, os clubes do exterior contrataram 792 jogadores e 40 jogadoras do futebol brasileiro. Essas negociações totalizaram R$ 1,4 bilhão. Já os clubes brasileiros trouxeram 677 atletas de várias partes do mundo para atuarem no território nacional ao custo de R$ 209 milhões.

Por Raphael Ramos
Estadão conteúdo

Imprimir