Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-MG vira no segundo tempo, bate o Ceará e reencontra vitória

Imprimir

Na base da vontade, o Atlético-MG venceu o Ceará de virada por 2 a 1 neste domingo (29) e se reencontrou com a vitória após seis derrotas seguidas no Brasileirão. O Vovô abriu o placar com Galhardo, de pênalti, mas o Galo virou no segundo tempo com Otero e Luan.

Foto - Bruno Cantini - Atlético-MG

Com o resultado, o Atlético permanece em décimo lugar, mas vai aos 30 pontos e volta a triunfar no campeonato. O Ceará fica com 23 pontos, chega ao oitavo jogo sem vencer e segue acompanhado de perto pelos últimos colocados.

Aproveitando-se da desorganização do Galo, o Ceará ficou mais à vontade em campo. Trocando melhor as passes que o time anfitrião, o Vovô apertou o Atlético em alguns momentos e só não levou mais perigo por causa da baixa competência técnica. 

Já no final do primeiro tempo, Felippe Cardoso furou ao tentar finalizar para o gol, mas a arbitragem marcou pênalti no carrinho de Igor Rabello. Thiago Galhardo foi para a batida e abriu o marcador.

No segundo tempo, Otero foi quem mais se sobressaiu, buscando algo novo, seja nas finalizações, dribles ou se apresentando mais para o jogo, algo que estava faltando em seus colegas. A postura puxou o time, que se animou mais em campo. 

No início da etapa final, o venezuelano acabou premiado após o chute de Réver, que carimbou a trave. Na sobra, Otero deixou tudo igual.

Muito na base da vontade, mas evoluindo também na parte técnica, o Atlético passou a pressionar pela virada. Rodrigo Santana sacou Elias e deixou o time ainda mais ofensivo. Apesar de sofrer com alguns contra-ataques, o Galo ficou cada vez mais perto da virada. 

Faltando dez minutos para o apito final, a blitz atleticana surtiu efeito. Após boa defesa de Diogo Silva na cabeçada de Réver, mas Luan pegou a sobra e fez o gol do alívio. 2 a 1 placar final.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir