Cidadeverde.com
Geral

Vacinas contra sarampo ainda são redistribuídas em postos de Teresina

Imprimir

A campanha nacional de vacinação contra o sarampo só começará efetivamente em Teresina nesta quarta-feira (9). Algumas salas de vacinação da capital ainda aguardam o retornor do material de imunização, que foi recolhido após falta de energia elétrica pela forte chuva da última sexta-feira (4).

Em entrevista ao Notícia da Manhã nesta terça-feira (8), a diretora de Vigilância em Saúde, Amariles Borba, orienta que a população já comece a buscar os postos de vacinação. “Pode procurar a partir de hoje (8), se não tiver, amanhã com certeza todos vão estar abastecidos. São mais de 100 salas”, explica.

O público-alvo deste período são crianças com 12 meses e um reforço com 1 ano e três meses.

“Esperamos hoje concluir esse abastecimento. A população precisa saber que estamos prontos para executar mais essa ação do SUS para que nossas crianças não tenham sarampo”, afirma Amariles.

A diretora de Vigilância alerta que a vacina é o modo de prevenção. “Sarampo não tem remédio, é uma doença grave de alta transmissibilidade”. 

Público-alvo da vacina

Dois grupos de pessoas estão no alvo da nova campanha. O primeiro grupo é formado por crianças de seis meses até menores de 5 anos, cuja a vacinação vai desta segunda-feira até 25 de outubro, com o Dia D no dia 26.

O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação está prevista para iniciar no dia 18 de novembro. 

Casos no Piauí

Em 2019, o Piauí já registrou quatro casos da doença, um em Teresina, dois em Campo Grande do Piauí e um em Alagoinha do Piauí. “Todos importados de São Paulo. Todos são pessoas que estiveram em São Paulo”, explicou Amariles.. 

Todas as pessoas menores de 30 anos devem ter duas doses na caderneta de vacina. “Quem tem duas doses no cartão de vacinação não precisa tomar a dose da vacina novamente’, garante a diretora.. 

Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Imprimir