Cidadeverde.com
Esporte

Com 2 gols de Roger, Ponte vence Londrina e encosta no G4 da Série B

Imprimir

A Ponte Preta voltou a se aproximar do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o time campineiro derrotou o Londrina pelo placar de 3 a 1, em partida realizada no estádio Moisés Lucarelli, pela 27ª rodada. Destaque para o atacante Roger, autor de dois dos três gols.

Com o resultado, a Ponte Preta acabou a rodada na nona posição, com 38 pontos, contra 41 do América-MG, novo integrante do G4. Já o Londrina ficou na 15ª posição, com 31. Dentro da zona de rebaixamento, o Vila Nova tem 29.

Querendo apagar a derrota vexatória diante do Botafogo, a Ponte Preta foi com tudo para cima do Londrina. Logo no minuto inicial, Lucas Costa derrubou Roger dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Renato Cajá foi para a cobrança e anotou seu primeiro gol em seu retorno à equipe campineira.

Apesar de sair atrás do placar, o Londrina não recuou e respondeu aos 22 minutos. Alemão recebeu na direita e cruzou. Léo Passos aproveitou a falha na defesa da Ponte para deixar tudo igual. Após o gol, o time paranaense só foi chegar novamente em cobrança de falta de Higor Leite, defendido por Ygor Vinhas.

Já a Ponte Preta se colocou novamente à frente do marcador aos 30 minutos. Roger recebeu de Diego Renan e pegou de primeira para fazer 2 a 1. O atacante mandou a bola no ângulo. Marquinhos ainda teve a oportunidade de fazer o terceiro, mas o chute saiu rente à trave.

No segundo tempo, a Ponte Preta foi mais cautelosa. Mesmo assim, criou a primeira boa chance da etapa final. Marquinhos achou Roger dentro da área. O atacante chutou cruzado pela linha de fundo. Com o resultado na mão, o time campineiro optou por recuar sua marcação, com a clara intenção de anular o poder ofensivo do Londrina.

A tática quase não funcionou. Em cobrança de falta de Moritz, Ygor Vinhas, que substituiu Ivan - convocado para defender a seleção brasileira -, fez a defesa. No rebote, Higor Leite mandou à queima-roupa e parou em um milagre do goleiro da Ponte Preta.

Nos minutos finais, a Ponte Preta acabou definindo o resultado. Aos 33 minutos, Renato Cajá acionou Guilherme Guedes pela esquerda. O lateral cruzou na medida para Roger. Em noite iluminada, o atacante desviou de cabeça para confirmar os três pontos para o time da casa.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Oeste na sexta-feira, às 21h30, na Arena Barueri, em Barueri (SP). No sábado, às 16h30, o Coritiba recebe o Criciúma no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir