Cidadeverde.com
Esporte

Com desfalques, Vasco tem problemas contra o Ceará

Imprimir

O técnico Vanderlei Luxemburgo terá um desafio para escalar a defesa do Vasco no duelo contra o Ceará, às 17h deste sábado (26), na Arena Castelão, pela 28ª rodada do Brasileiro.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

Ao todo, são três os desfalques no setor, todos no departamento médico: Werley, Breno e Oswaldo Henríquez. Os dois primeiros já se ausentaram do time no último confronto -Breno está em processo de recuperação da condição física e Werley está com uma lesão na panturrilha.

Henríquez, por sua vez, participou do duelo contra o Internacional na última rodada, mas nem viajou com o time para Fortaleza devido a um inchaço no tornozelo esquerdo.

As alternativas de Luxemburgo para a zaga são Miranda e Ricardo, dois jovens revelados no clube. Ricardo, mais experiente que Miranda, tem contra si o fato de ser canhoto -seu companheiro na defesa, Leandro Castán, também joga com o pé esquerdo.

O volante Raul, por outro lado, deve voltar à equipe no sábado, depois de desfalcar o Vasco nas três últimas rodadas devido a problemas musculares.

Já embalado pela conquista de três vitórias consecutivas, o elenco do Vasco recebeu uma ótima notícia nesta sexta-feira (25). A diretoria iniciou o pagamento de um mês de salários atrasados a funcionários e jogadores. Eles também receberão pagamentos referentes a três meses de direitos de imagem devidos pelo clube.

O presidente vascaíno, Alexandre Campello, disse em reunião com funcionários no começo do mês que o clube deve pagar até a próxima semana mais um mês de salário atrasados. 

Neste momento, estão pendentes no clube o pagamento de dois meses de salários para funcionários e elenco, além de dois meses de direitos de imagem para os jogadores.

O Ceará, por sua vez, deve encarar o Vasco com alguns retornos. Suspensos do último confronto, contra o Bahia, Thiago Galhardo, Samuel Xavier e Fabinho voltam à equipe neste sábado. Pedro Ken, que vinha atuando como titular sob o comando de Adílson Batista, deve voltar ao banco.

"O Ceará está muito bem servido na posição e estou esperando meu momento. O Adílson tem feito esse revezamento no meio de campo e espero continuar aproveitando as oportunidades, evoluir cada vez mais para assumir essa titularidade, mas o importante é que o grupo está bem e a posição está bem servida", disse o volante sobre a situação.

Já Adílson Batista destacou a importância de Thiago Galhardo, artilheiro do time no campeonato, que volta ao time contra o Vasco. "É um jogador diferenciado, talentoso, que chama o jogo, que arrisca, tem personalidade, sabe definir, dar assistências, faz gols, conhece o Vasco, viveu grandes momentos lá também. [...] É de suma importância para todos nós."

Por outro lado, o zagueiro Tiago Alves tem dores no joelho e não deve participar do confronto, assim como o lateral-direito Cristovam, que cumpre suspensão automática.
Nos cinco jogos em que foi comandado por Batista, o Ceará acumulou duas vitórias e três derrotas.

Para o treinador, a equipe vem bem, mas precisa melhorar a tomada de decisão. "Podemos melhorar nesse quesito, ter mais tranquilidade, ter mais discernimento para escolher a tomada de decisão para fazer a escolha correta. Ter uma intensidade, mas também controlando", disse.

O Ceará está na 15ª colocação do Campeonato Brasileiro e soma 29 pontos, um a mais que o Cruzeiro, time mais bem colocado da zona de rebaixamento. Já o Vasco, com 37 pontos somados, ocupa a 11ª posição.

Fonte: Folhapress

Tags: Vascofutebol
Imprimir