Cidadeverde.com
Esporte

Grêmio faz 3 a 0 no Botafogo e reage bem após ser arrasado pelo Fla em semifinal

Imprimir

Foto: Itamar Aguiar | Grêmio FBPA

 

O Grêmio não se abateu com a eliminação na semifinal da Copa Libertadores. Quatro dias depois da queda para o Flamengo, amargada com uma arrasadora goleada por 5 a 0 no Maracanã, o time gaúcho se reabilitou no Brasileirão ao derrotar o Botafogo por 3 a 0, em partida neste domingo, na arena gremista, pelo 28ª rodada da competição.

Com o resultado, o Grêmio ficou na sétima colocação, agora com 44 pontos, um a menos do que Internacional e Corinthians, ambos dentro da zona de Libertadores. O Botafogo, por outro lado, ficou com 33, a apenas quatro da área da degola da tabela.

Tentando superar a goleada sofrida pelo Flamengo na Libertadores, o Grêmio não pensou duas vezes em partir para cima do Botafogo. A tática acabou dando resultado. Logo aos 11 minutos, Luciano acionou Maicon. O volante saiu de frente para Gatito e encheu o pé para abrir o marcador em Porto Alegre.

Atrás do placar, o Botafogo tentou sair para o ataque, mas encontrou muita dificuldade. A primeira boa chance saiu apenas aos 33 minutos. Após cobrança de escanteio, Cícero se atrapalhou e viu a bola ficar com Victor Rangel. O atacante dominou e arriscou uma bicicleta. A bola passou rente à trave.

Nos minutos finais, uma chance para cada lado. João Paulo rolou para Diego Souza, que obrigou Paulo Victor fazer grande defesa. A resposta veio com Luciano, em cobrança de falta. O atacante soltou o pé e mandou caprichosamente no travessão.

No segundo tempo, o Grêmio voltou mais ligado e dominou o Botafogo. Em grande jogada de Everton Cebolinha, Gatito salvou. O goleiro voltou a brilhar logo na sequência. Matheus Henrique invadiu a área pelo meio e soltou a bomba. Parou no arqueiro.

Enquanto o Botafogo só conseguiu ameaçar na bola parada, o Grêmio jogou mais solto e aumentou aos 25 minutos. Everton recuperou a bola e deixou com Diego Tardelli. O atacante chutou cruzado, Gatito desviou e Thaciano ficou com a sobra. Com o gol aberto, o meia só teve o trabalho de empurrar.

Após levar o segundo, o Botafogo ficou assistindo o Grêmio jogar O time gaúcho, então, selou a vitória aos 34 minutos. Everton invadiu a área e cruzou. Pepê deixou com Thaciano, que parou em Gatito. Marcinho ainda tirou em cima da linha, mas a bola acabou sobrando para o 'Cebolinha'. Ele deu números finais ao duelo.

Na próxima rodada, os dois times atuarão no Rio de Janeiro. O Grêmio encara o Vasco da Gama na quarta-feira, às 21h30, no estádio São Januário. No dia seguinte, às 21h30, o Botafogo recebe o Cruzeiro no Engenhão.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 0 BOTAFOGO
GRÊMIO - Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Romulo), Matheus Henrique e Alisson (Pepê); Everton, Luciano (Thaciano) e Diego Tardelli. Técnico: Renato Gaúcho.
BOTAFOGO - Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Yuri; João Paulo, Cícero, Luiz Fernando (Rhuan), Diego Souza e Leonardo Valencia (Igor Cássio); Victor Rangel (Alex Santana). Técnico: Alberto Valentim.
GOLS - Maicon, aos 11 minutos do primeiro tempo; Thaciano, aos 25, e Everton, aos 34 do segundo.
ÁRBITRO - Rafael Traci (SC).
CARTÕES AMARELOS - Matheus Henrique e Pedro Geromel (Grêmio); Cícero e Yuri (Botafogo).
RENDA - R$ 240.139,00.
PÚBLICO - 7.608 pagantes.
LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir