Cidadeverde.com
Esporte

Liverpool vence com time misto e assume liderança do Grupo E da Liga dos Campeões

Imprimir

Atual detentor do título da Liga dos Campeões da Europa, o Liverpool assumiu a liderança do Grupo E ao fim da quarta rodada Nesta terça-feira, o time fez a sua parte ao derrotar o Genk por 2 a 1, no Anfield Road, e também foi favorecido pelo empate do Napoli por 1 a 1 com o Salzburg, no San Paolo.

O triunfo levou o Liverpool aos nove pontos, agora seguido pelo Napoli, com oito. E ambos estão próximos da classificação às oitavas de final, pois o terceiro colocado Salzburg está com quatro. Já o lanterna Genk, com apenas um, não possui mais chances para passar de fase após a derrota na Inglaterra.

Com a proximidade do confronto com o Manchester City, domingo, pelo Campeonato Inglês, o técnico Jürgen Klopp optou pela escalação de um time misto. Com isso, deixou Mané e Firmino no banco de reservas, além de Robertson, Lovren e Henderson, com os brasileiros Alisson e Fabinho sendo titulares.

O primeiro tempo foi um massacre do Liverpool, mas o time encontrou dificuldades para acertar a meta do Genk, ainda que tenha aberto o placar logo aos 13 minutos. No lance, Milner recebe passe de Origi na esquerda e cruzou. 

A bola bateu em dois atletas do time adversário antes de sobrar para Wijnaldum, que finalizou às redes. Só que a equipe belga conseguiu empatar o placar aos 40, após cobrança de escanteio, com Mbwana Samata, que desviou cobrança de escanteio na primeira trave.

O Liverpool, porém, voltou a ficar na frente no começo do segundo tempo. Foi aos sete minutos, quando a zaga do Genk cortou parcialmente um cruzamento de Origi. A bola, então, sobrou para Salah, que acionou Oxlade-Chamberlain. Ele girou e bateu de esquerda para definir o triunfo do time inglês.

Na Itália, o Napoli viu a liderança do grupo escapar ao ficar no 1 a 1 com o Salzburg, embora tenha dominado o aberto confronto, com 24 finalizações, contra as 11 do seu adversário. 

Ainda assim, ficou em desvantagem logo aos 11 minutos do primeiro tempo, quando Erling Braut Haaland converteu cobrança de pênalti Mas, antes do intervalo, aos 44, Hirving Lozano igualou o placar.

Com a meta cumprida nesta terça-feira, o Liverpool agora volta de vez as suas atenções para o duelo com o Manchester City, novamente no Anfield Road, quando defenderá a vantagem de seis pontos na liderança do Inglês. 

Também no seu estádio, receberá o Napoli em 27 de novembro, em duelo pela ponta do Grupo E da Liga dos Campeões - no mesmo dia, o Genk será mandante contra o Salzburg.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir